Pesquisar
Close this search box.
/
/
As maiores tendências de marketing em vídeo para 2015

As maiores tendências de marketing em vídeo para 2015

Diga-me o que compartilhas e eu te direi quem és. Vídeos são alguns dos conteúdos mais populares entre os internautas, compartilhados por diversas redes, via PC ou mobile.

Em 2014, vimos um crescimento massivo em trackvertising, ou seja, anúncios em vídeo que viralizaram nas redes sociais. Agora é a hora de ver quais serão os dados lançados no marketing em vídeo neste ano? Veja aqui cinco previsões do que se pode esperar.

1. Facebook X YouTube

Em 2014, vimos o Facebook desafiar o gigante dos vídeos YouTube em relação a audiência e anunciantes. A maior rede social do mundo começou a exibir publicamente a contagem de visitações em 2014 e com os novos recursos de vídeo do Facebook estamos entrando em uma era pós-YouTube no ano de 2015. Três quartos da visualizações de vídeos já ocorrem fora do ecossistema YouTube (de acordo com estatísticas de 2014 da comScore). Em 2015, as marcas de sucesso deverão abraçar múltiplos canais de mídia para atingir e envolver o seu público onde quer que estejam assistindo e compartilhando vídeos.

 

2. As redes de TV começarão a usar anúncios programáticos, mas eles ainda não repercutirão
 
De acordo com a IDC, a menos de 1% do gasto com publicidade na TV nos EUA é atualmente comercializadode forma programática, mas esse número deve saltar para 7 ou 8% em 2017. Mas ainda há um maior gargalo que precisa ser superado em 2015: a maioria dos anúncios de TV ainda estão presos em uma mentalidade antiquada, deixando de se envolver emocionalmente com os telespectadores e perdendo a oportunidade para o engajamento social. E, de acordo com pesquisa da IAB e Nielsen substituir 15% dos anúncio de TV para o online cria um alcance mais eficaz e eficiente. Marcas podem e deve testar  anúncios de TV para engajamento do espectador. Melhor ainda, os anunciantes podem programaticamente sincronizar no ar anúncios online para a cobertura total e partir para uma ofensiva e lançar anúncios online contra os anúncios dos concorrentes no ar ou usar uma estratégia de guerrilha e sincronizar seus anúncios na internet em um programa de horário nobre para uma fração do custo de um anúncio na TV.

 

3. Emoção e segmentação conduzirão a estratégia de conteúdo digital

A força da ligação emocional provocada em um vídeo é o mais forte indicador do sucesso boca-a-boca e ganhos para uma mídia. Além disso, há uma crescente onda de pesquisas que provam que campanhas publicitárias emocionais são mais eficazes do que as racionais para levar à compra. Como os anunciantes investem orçamentos cada vez maiores na produção e distribuição de anúncios, testar a ressonância emocional e orientar os telespectadores com as respostas mais fortes se tornará uma prática recomendada.

4. “Marketing de momento”  fechará o abismo entre digital e na vida real

Até agora, as campanhas de marketing mais ágeis tem contado em grande parte com as equipes de mídia social e  agências que acrescentam a resposta das marcas a momentos “Zeitgeist” e conversas da vida real, com variados graus de sucesso. A segmentação programático tornou possível aplicar a mesma agilidade para campanhas de mídia pagas. Os provedores de dados estão permitindo que os anunciantes possam ir além do público-alvo e em “segmentação condicional” ou “marketing de momento”, em que as campanhas digitais são sincronizados com eventos do mundo real, tais como pontos marcados em eventos esportivos, vitórias e derrotas das equipes, mudanças nas condições meteorológicas e outros eventos da vida real que afetam os hábitos de compra dos consumidores.

5. Atenção será uma métrica vital

Os profissionais de marketing continuarão a buscar os mais efetivos meios de mensurar o sucesso das campanhas de vídeo e frequentemente rastrearão essas visitações para mensurar o alcance, compartilhamentos e o impacto social e cliques para medir as ações de quem assiste. No entanto, a atenção torna-se uma métrica vital já que é o que faz um anúncio ressoar e persuadir consumidores, antes de tudo ele precisa prestar atenção ao que é veiculado. A previsão é um foco renovado nas métricas de atenção como o tempo de permanência. Uma pesquisa recente de Thales Teixeira da Harvard Business School revela que a atenção do consumidor para a publicidade está diminuindo rapidamente, especialmente para a propaganda na TV, tornando-se um recurso escasso e valioso.

* Com informações da Forbes

 

Leia mais:

As principais tendências criativas que acontecerão em 2015

11 previsões sobre mídia e o mercado digital em 2015

Conheça as tendências de compra para 2015

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]