Pesquisar
Close this search box.
/
/
As “champanhes” brasileiras

As “champanhes” brasileiras

Queijo mineiro, vinho gaúcho e frutas nordestinas estão entre produtos certificados reconhecidos como "marcas nacionais"

Podemos tomar um espumante de vários tipos e de vários lugares, mas champanhe é para poucos – se não vier de Champagne, na França, será sempre só um espumante.

A champanhe é apenas um dos 300 tipos de vinhos franceses que possuem certificação de origem, quer dizer, recebem o selo emitido pelas autoridades locais que garante que o produto tenha sido fabricado em determinada região e de acordo com os padrões locais de processo e qualidade.

O Brasil ainda não é uma Champagne, mas trabalha aos poucos para também garantir a exclusividade e reconhecimento de vários de seus produtos. O país possui hoje 49 produtos com Denominação de Origem ou Procedência, segundo o IBGE, que divulgou nesta semana a lista mais atualizada de nossos pequenos patrimônios regionais.

Isso significa que só os produtos daqueles locais podem oficialmente levar seu nome e pleitear a certificação. Este processo, além de servir como garantia de qualidade para o consumidor, também cria uma espécie de grupo de “marcas nacionais”, que só o país produz e pode vender. Além disso, na maior parte dos casos ajuda os pequenos produtores a elevarem seus preços e ganharem mais.

Café, cachaça, queijos e biscoitos mineiros são alguns da lista – caso da cachaça de Salinas e dos queijos artesanais da Serra da Canastra. Também já ganharam selos próprios os vinhos da serra gaúcha, os calçados de Franca (SP), o mel extraído no Pantanal, o artesanato feito no Vale do Jalapão (PI) e frutas do vale do São Francisco, em Pernambuco, entre outros.

A certificação mais recente foi emitida em julho deste ano, para o café produzido no entorno da cidade de Espírito Santo do Pinhal, na tradicional região cafeeira do oeste paulista.

As certificações são verificadas e emitidas pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), com base na Lei de Propriedade Intelectual, promulgada em 1996. Os primeiras registros de produtos, no entanto, só surgiram a partir de 2002 – para se ter uma ideia, a champanhe francesa foi reconhecida como “marca nacional” em 1936.

Além de ser oriundo da região e, em geral, se valer de insumos e condições específicas dali, os produtos com a denominação de procedência também devem seguir uma série de regras, geralmente definidas em conjunto entre o Inpi e as associações, cooperativas e produtores locais.

Para poder ostentar a marca de “Queijo da Canastra”, por exemplo, os produtores não só devem estar em um dos sete municípios do torno da serra mineira como também fabricar o próprio fermento, comprovar o tratamento da água ou ter a queijaria isolada de outras produções. No caso do café paulista, é necessário seguir as exigências mais altas de qualidade das associações nacionais e internacionais do setor.

Veja o mapa e a lista de todas elas:

ibge_mapa origens

ibge_lista origens

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]