Pesquisar
Close this search box.
/
/
A PME mais sustentável e a educação contínua

A PME mais sustentável e a educação contínua

A educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo; já dizia Nelson Mandela. Imagine o que ela pode fazer por uma pequena e média empresa
 
Mudanças e melhorias na produção, nos processos, na motivação dos colaboradores, enfim, todas as transformações necessárias para que sua empresa tenha cada vez mais sucesso.

Mas a minha empresa é muito pequena para que eu possa treinar os meus funcionários, não tenho uma Academia Empresarial, com professores de primeira linha e cursos específicos como as grandes e mega empresas. 

Será que aquelas Universidades Corporativas, que trabalham desde os temas técnicos com o pessoal da produção, passando pela área administrativa com a equipe dos escritórios e ainda com o glamour de ter um coach particular para os executivos da empresa, são realmente necessárias?

Sim, as pessoas só se desenvolvem com educação e não necessariamente estando numa escola sentados aprendendo com um professor que fala sobre teorias e escreve na lousa palavras bonitas, mas, às vezes, sem sentido. Ou ainda, contando casos de sucesso de empresas que nunca serão únicas e específicas como a sua.

A educação que você, empreendedor, pode oferecer para o seu colaborador é no dia a dia, diretamente com ele. O que chamamos de conhecimento on the job. Você ensina o colaborador a fazer o trabalho e acompanha seu desempenho, não num modelo assistencialista, mas de uma forma que vai corrigindo suas falhas, facilitando, assim, seu desenvolvimento. 

Obviamente que não é para transformar o local de trabalho em escola ou deixar alguém no cantinho do castigo. Ou, ainda, ser conivente com atitudes erradas e acabar com a eficiência da sua produção.

O que estes empreendedores que preparam os seus sucessores fazem é treinar uma pessoa ou uma equipe para que possam desenvolver o seu trabalho. Em muitos casos, o grande ensinamento é somente lembrar que a todo tempo você é o role model da empresa, ou seja, é a referência para todos. Que está na vitrine e é copiado ou julgado a cada passo. 

Com isso, os funcionários aprendem ou ?desaprendem? com seus líderes empreendedores. É nisso que está a continuidade da empresa ou a sustentabilidade perante o tempo: em bons sucessores bem treinados.

Mas não é só assim que podemos oferecer conhecimento aos nossos funcionários parceiros. Existem muitos cursos gratuitos sobre diversos temas disponíveis na internet. 

Por exemplo, se você digita a palavra palestra no Youtube aparecerá inúmeras delas gravadas com famosos e sábios palestrantes sobre todos os temas. Se for algo mais técnico, existem vários passo a passo para se produzir, escrever, realizar processo, mexer na ferramenta, enfim, muitas opções.

No site da Fundação Getúlio Vargas, por exemplo, existem várias opções de cursos gratuitos, inclusive, sobre sustentabilidade para empresas. Já a revista Exame selecionou 20 cursos on-line e gratuitos de universidades brasileiras. 

Oferecer um espaço na sua empresa para que os funcionários acessem estes e outros sites seria uma solução barata e muito interessante. Obviamente que deveriam ter total assistência para não ficarem vendo outros sites não tão produtivos assim. 

O Sebrae também oferece algumas opções e o no site do Senai SP também podem ser encontrados outros.

Além disso, existe a oportunidade na qual grandes empresas treinam seus fornecedores e capacitam os funcionários de pequenas e médias empresas. Um exemplo disso é a Nestlé, que capacita os pequenos e médios agricultores para o fornecimento de leite e alimentos. Outro exemplo é a Vale que, por meio do seu projeto Inove, capacita fornecedores locais para o desenvolvimento da região.

Ou seja, ferramentas e exemplos nós temos aos montes para quem quer capacitar sua equipe da pequena e média empresa. Agora quem decide se vale a pena ou não é você empreendedor.
 
***
Marcus Nakagawa é sócio-diretor da iSetor, professor da ESPM, idealizador e presidente do conselho deliberativo da Abraps (Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade).
 
 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]