Pesquisar
Close this search box.
/
/
20 curiosidades impressionantes sobre inteligência artificial

20 curiosidades impressionantes sobre inteligência artificial

Dos mitos gregos à Alexa, as máquinas inteligentes sempre estiveram presentes no imaginário humano. Descubra alguns dados curiosos sobre essa tecnologia desde as suas primeiras evidências

Durante a conferência de programação da Vox Media, em 2018, Bill Gates chamou a inteligência artificial de “o Santo Graal que todos na ciência da computação tem buscado”.
A IA já é muito mais presente nas nossas vidas do que somos capazes de perceber. Desde buscas rápidas no Google ou recomendações recebidas no Facebook e Spotify, às tecnologias mais complexas, como veículos que dirigem sozinhos e as assistentes virtuais Siri e Alexa, todas essas inovações são baseadas em máquinas inteligentes e seu impacto independe do consumidor ter investido diretamente ou não nessas tecnologias.

LEIA EM WHOW! A inteligência artificial vai mesmo substituir os seres humanos?

Já parou para pensar quando esse assunto foi abordado na humanidade pela primeira vez? Ou quanto dinheiro as empresas estão economizando ao adotar esse tipo de inovação?

Confira na lista abaixo 20 curiosidades sobre inteligência artificial que vão te deixar de queixo caído:

1. O termo “inteligência artificial” foi cunhado pelo cientista de computação John McCarthy, em 1956, quando realizou a primeira conferência conhecida no mundo sobre o assunto.
Fonte: Universidade de Washington


2. Antigos mitos gregos já citavam a ideia de seres artificiais e mecanismos inteligentes, como o Talos, um gigante autômato de bronze construído para proteger cidades contra invasores.
Fonte: Universidade de Stanford


3. Aristóteles, mais de 300 anos a.C., questionava a possibilidade de se criar meios de automatização para a mão de obra escrava, assim, esses serviços humanos não seriam mais necessários nas sociedades. Fonte: Universidade de Stanford


4. Alan Turing, o “pai da computação”, sugeriu que as máquinas seriam capazes de pensar sozinhas pela primeira vez em 1948, através de um relatório chamado “Máquinas Inteligentes”.
Fonte: Enciclopédia Britannica 


5. 1997 foi o ano em que um computador venceu, pela primeira vez, um humano em um jogo de xadrez. Fonte: Scientific American


6. Robôs já são capazes de criar idiomas próprios. Em 2017, o Facebook precisou desativar um experimento após dois de seus chatbots terem desenvolvido uma linguagem única para conversar.
Fonte: Independent UK


7. O programa de Deep Learning do Google tem precisão de 89% na detecção de câncer de mama, contra apenas 73% de um patologista humano.
Fonte: Health IT Analysis


8. 63% das pessoas já preferem enviar mensagens a um robô em um chat do que conversar com um ser humano, quando o assunto é suporte técnico e atendimento ao consumidor.
Fonte: Estatísticas da G2 Crowd


9. Até 2025, projeta-se que 463 exabytes (EB) de dados sejam produzidos diariamente em todo o mundo (o equivalente a 220 milhões de DVDs por dia).
Fonte: Economic Times


10. 40% menos usuários de carros da Tesla tiveram acidentes após a implementação do software de piloto automático nos modelos.
Fonte: Administração Nacional de Segurança Rodoviária dos EUA


11. Chatbots deverão reduzir custos comerciais em empresas em torno de US$ 8 bilhões até 2022.
Fonte: IMPACT


12. 37% das organizações mundiais já implementaram a IA de alguma forma. Isso representa um aumento de 270% nos últimos quatro anos.
Fonte: Relatório Gartner


13. As áreas de maior investimento em IA este foram chatbots (US$ 4,5 bilhões em todo o mundo), automação de processos de vendas (US$ 2,7 bilhões) e sistemas automatizados para prevenção de ameaças (US$ 2,7 bilhões).
Fonte: Instituto IDC


14. No início de 2030, 38% dos empregos nos EUA terão sido substituídos por atividades de robótica. Fonte: Relatório da PwC UK


15. A maior parte dos desarmes de bombas são feitos por drones hoje em dia, e essa tecnologia já salvou milhares de vidas, desde que humanos puderem de operá-las diretamente.
Fonte: Good Work Labs


16. Até 2025, o mercado de inteligência artificial ultrapassará US$ 100 bilhões em receita.
Fonte: Constellation Research


17. Algoritmos de recomendação baseados em IA são realmente bons para os negócios. Este sistema, que é usado pela Netflix, por exemplo, economiza cerca de US$ 1 bilhão por ano em publicidade para a empresa. Além disso, 75% do que os usuários assistem no Netflix vêm através de recomendações automáticas.
Fonte: Netflix


18. 44% dos executivos acreditam que o benefício mais importante da inteligência artificial é fornecer dados que facilitem tomadas decisões.
Fonte: Revista Chatbots


19. Até 2030, o PIB global poderá subir 14% como resultado de atividades impulsionadas por IA – o equivalente a a US$ 15,7 trilhões.
Fonte: Relatório Global da PwC


20. Stephen Hawking, Bill Gates e Elon Musk já mencionaram em algum momento que a IA poderá se tornar uma ameaça muito perigosa para a humanidade.
Fonte: Live Science


SEGUE A CONSUMIDOR MODERNO NO INSTAGRAM?

+ INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Conheça o Remini, app que recupera fotos por inteligência artificial
A inteligência artificial na indústria pornográfica
I.A pode determinar se o crush vai dar certo
As iniciativas de Bradesco, Vivo e Magazine Luiza em inteligência artificial
Do iFood ao consultório médico: como a inteligência artificial está mudando o mercado

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]