Pesquisar
Close this search box.
/
/
Varejo de moda abre portas para parcerias com jogos eletrônicos

Varejo de moda abre portas para parcerias com jogos eletrônicos

Porta-vozes da Riachuelo e de League of Legends contam como foi a parceria que levou ao desenvolvimento de uma linha de roupas exclusiva para o jogo

Grifes que levam suas roupas para dentro de jogos de videogame, e jogos que levam seus personagens para as vitrines das grifes. Esse cross entre varejo e jogos eletrônicos tem acontecido com uma frequência cada vez maior.

De acordo com uma pesquisa da Statista, as pessoas têm passado 45% mais tempo jogando videogame nos Estados Unidos desde que a pandemia do novo coronavírus começou ― uma tendência que se reflete em todo o mundo.

Concomitantemente, com mais pessoas isoladas em casa, o setor de moda vive um período de queda. Segundo a BBC, houve redução de 34% no rendimento do varejo de moda no início do segundo trimestre de 2020.

Mas, apesar da fase oportuna, essa abertura de portas do varejo para parcerias com marcas de entretenimento já havia começado antes mesmo da crise atual. No final de 2019 a grife de luxo Louis Vuitton lançou uma coleção em colaboração com o jogo mundialmente famoso League of Legends, da Riot Games. A linha inclui tanto roupas físicas quanto vestimentas digitais para os personagens do jogo ― chamadas de skins ―, gerando um cruzamento entre o virtual e o analógico.

Jogos
Imagem (Riachuelo/Divulgação)

Games x vestuário: tendência se expande com o isolamento social

Mas não é só lá fora que a indústria desenvolve parcerias dessa natureza. No Brasil, a Riachuelo trabalha desde 2016 com o licenciamento de marcas ligadas ao mundo dos games. Até o momento 15 jogos já foram licenciados pela empresa, entre eles League of Legends, Street Fighter, Zelda, Super Mario, Fortnite, Rainbow Six e outros.

Em dezembro do ano passado, as primeiras peças em parceria com o League of Legends foram lançadas na CCXP, se tornando um sucesso de vendas. Em abril deste ano, uma nova coleção de camisetas foi divulgada para os amantes do game.

“A cada coleção entendemos melhor nossos clientes e os fãs, o que eles mais gostam, quais produtos têm mais sinergia com a marca, sempre respeitando seu DNA e buscando cada vez mais o storytelling nos produtos”, comenta Julia Medeiros, Gerente de Licenciamentos da Riachuelo à Consumidor Moderno.

Priscila Queiroz, Head de Produtos e Publishing da Riot Games no Brasil, conta que a parceria com a Riachuelo foi, desde o começo, um passo bastante estratégico. “Sabíamos da força que a Riachuelo tem no mercado brasileiro dem moda geek, então desde o começo sabíamos que queríamos uma parceria com eles”. A partir disso, as duas empresas se uniram no desenvolvimento dos produtos, desde as pesquisas de mercado até o design final de criação. Segundo Priscila, a recepção dos produtos pelo público não podia ter sido melhor.

Menos blusinhas, mais moletons

Jogos
Imagem (Riachuelo/Divulgação)

Com o isolamento social, as pessoas estão consumindo muito mais videogames, séries e filmes do que nunca. De modo inverso, estão investindo menos em moda, já que não podem sair de casa.

Julia Medeiros, da Riachuelo, afirma que houve, sim, uma mudança de comportamento do consumidor conta do período de isolamento social. Mas não necessariamente deixaram de comprar roupas por não saírem de casa ― e sim deram preferência para roupas mais casuais. “As pessoas estão gastando mais tempo jogando ou assistindo séries e percebemos um aumento nas vendas de peças mais confortáveis para ficar em casa, principalmente ligadas a esse universo, desde camisetas e moletons, assim como pijamas e itens de moda casa.”

“Os produtos licenciados têm vendido bem, além das nossas expectativas. Acreditamos que este é um momento atípico, mas que tiraremos boas oportunidades e aprendizados dele.”

Julia Medeiros, Gerente de Licenciamentos da Riachuelo

Já a Head de Publishing da Riot Games afirma que já estava nos planos da empresa, antes mesmo da pandemia, expandir a parceria com a Riachuelo para o desenvolvimento de produtos de linha casa para League of Legends. 

“Por mim, colocaria League of Legends em tudo quanto é lugar, porque existe essa demanda do jogador. Os vemos pedindo camisetas, canecas, almofadas etc, para mostrar a sua paixão de diversas maneiras.”

A pandemia de coronavírus, segundo Priscila, apenas atrasou o tempo de produção dessas novas linhas, mas eles seguem em comunicação com a Riachuelo para dar seguimento a esse projeto.

“Merchandising em produtos de jogos é uma maneira de o jogador expressar sua paixão, expressar aquilo que faz parte da sua vida. A oportunidade de trabalhar com parceiros no Brasil, para fazer produtos que são pedidos pelos jogadores, é muito recompensador. Com certeza não vamos parar por aí.”

Priscila Queiroz, Head de Produtos e Publishing da Riot Games no Brasil

O papel social dos jogos de tabuleiro durante a pandemia
O que a cultura geek pode ensinar durante o isolamento social?
NVIDIA promove a união de gamers no mundo em busca da cura da COVID-19

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]