Pesquisar
Close this search box.
/
/
Transparência nas políticas de devolução é golaço para CX 

Transparência nas políticas de devolução é golaço para CX 

Ao criar priorizar a satisfação do cliente com regras claras de devolução e troca, empresas protegem lealdade do cliente

No cenário competitivo do e-commerce, manter a transparência nas políticas de troca e devolução pode ser bom tanto para os consumidores quanto para as empresas. Com o aumento das compras online, as demandas de trocas e devoluções se tornaram inevitáveis, e a maneira como as empresas lidam com essas solicitações pode definir a qualidade do CX. 

Muitos consumidores podem se sentir insatisfeitos por diversos motivos, como produtos defeituosos, tamanhos incorretos ou simplesmente expectativas não atendidas. Ao criar políticas claras e priorizar a satisfação do cliente, as empresas estão moldando a percepção do consumidor, e o sucesso a longo prazo.

Sem uma estrutura adequada para administrar essas solicitações, o processo pode se tornar caro e difícil. As horas gastas em respostas de e-mails de atendimento ao cliente e os custos adicionais de envios de produtos de substituição, especialmente após períodos movimentados como as festas de fim de ano, podem sobrecarregar as operações de uma empresa.

Criando oportunidades

Contudo, a boa notícia é que, mesmo diante de alguns desafios, é possível transformar esse cenário em uma oportunidade de geração de lucro e fidelização de clientes. A chave reside em uma política de troca e devolução bem estruturada, respaldada por um sistema eficaz de administração. Este conjunto não apenas simplifica o processo, mas também cria uma experiência positiva para o consumidor.

Uma política de troca e devolução é o conjunto de diretrizes que um varejista estabelece para gerenciar as devoluções e trocas de produtos. Essas diretrizes incluem quais produtos são elegíveis para devolução, os motivos aceitos e os prazos máximos para a solicitação.

Evitando armadilhas 

Uma política mal implementada pode resultar em reclamações nas redes sociais, prejudicando a reputação da empresa. Comentários negativos podem surgir em anúncios e buscas na internet, impactando diretamente na taxa de conversão. O custo de processar cada solicitação individualmente também pode ser elevado e desgastante, afetando negativamente as operações e a expansão do negócio.

Estabelecer regras claras de troca beneficia não apenas os consumidores, mas também se torna um diferencial crucial para empresas que buscam construir relacionamentos duradouros com seus clientes. Em um cenário no qual o custo de aquisição de clientes está em constante elevação, a retenção torna-se uma estratégia valiosa. Oferecer uma experiência positiva não apenas aumenta a probabilidade de repetição de compra, mas também contribui para a reputação da empresa, consolidando sua posição no mercado.

Transparência como pilar

No centro de uma política eficaz está a transparência. Os consumidores valorizam saber exatamente o que esperar ao realizar uma compra. Detalhes sobre quais produtos podem ser devolvidos, os motivos aceitos e os prazos estabelecidos proporcionam uma clareza que fortalece a confiança do consumidor.

A redação da política de devolução deve ser clara e compreensível. Evite jargões legais complicados, optando por uma linguagem direta e amigável. Defina claramente os passos a serem seguidos para iniciar uma devolução ou troca, garantindo uma experiência livre de complicações para o cliente.

Modelo de política de devolução:

Indique os produtos elegíveis para devolução, estabeleça condições específicas para cada caso e destaque os benefícios, como reembolsos integrais ou trocas descomplicadas. Um exemplo seria:

Produtos elegíveis: todos os produtos, exceto itens personalizados.

Motivos aceitos: defeitos de fabricação, tamanho incorreto ou insatisfação.

Prazo para devolução: até 30 dias a partir da data de recebimento.

Processo simplificado: inicie a devolução em nosso site, e enviaremos as instruções de retorno.

Políticas de devolução como ferramentas

Para facilitar o gerenciamento de devoluções, considere a implementação de ferramentas tecnológicas. Sistemas automatizados podem simplificar o rastreamento de solicitações, reduzindo o tempo dedicado ao processamento manual. Plataformas de comércio eletrônico modernas frequentemente oferecem integrações para otimizar esse processo.

Além de ser um mecanismo de resolução de problemas, uma política de devolução bem executada pode ser uma ferramenta estratégica para impulsionar os lucros. Considere estratégias como oferecer créditos na loja em vez de reembolsos, incentivando os clientes a realizar novas compras. A satisfação do cliente é um ativo. Uma experiência positiva, mesmo durante uma devolução, fortalece a lealdade à marca. Clientes satisfeitos não apenas retornam, mas também recomendam a empresa a amigos e familiares.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]