Pesquisar
Close this search box.
/
/
A transformação da voz em um recurso acessível

A transformação da voz em um recurso acessível

A Microsoft democratiza o uso da voz, permitindo que essa tecnologia esteja ao alcance de todos, inclusive de áreas que não são técnicas. Entenda

Como seres humanos, estamos muito familiarizados com o uso de nossas vozes – nosso principal meio de comunicação. O tempo, porém, fez com que passássemos a usar também o texto: SMS, WhatsApp, Telegram, Skype… são muitos os recursos que nos permitem digitar e que, com o tempo, também passaram a permitir o envio de mensagens de voz e a compreender palavras ditadas pelo consumidor.

Chegamos, então, a um ponto em que o interlocutor já não é necessariamente um humano, mas um robô. Ele começa a entender a voz de um indivíduo, a conhecer expressões e até mesmo gírias, evoluindo a cada dia. Fernando Lemos, CTO da Microsoft, explica que houve etapas nessa evolução:

  • 2016 – Visão
  • 2017 – Reconhecimento de fala
  • 2018 – Leitura, tradução e síntese de discurso
  • 2019 – Compreensão de linguagem

 

Com isso, o chamado aprendizado de máquina (ou Machine Learning, em inglês), tornou-se uma realidade.

Qual foi o impacto desse processo na experiência do cliente?

Lemos responde a essa pergunta a partir de um exemplo: a transformações de texto em voz que, hoje, é feita a partir de sistemas neurais – ou seja, ela se torna muito mais natural e confiável. A partir disso, ele apresenta o que a Microsoft possui para trabalhar com sistemas de cognição e voz. “Dentro de uma das nossas nuvens, a Azure, temos uma gama enorme de serviços de IA”, diz.

1. Aplicativos de IA e agentes

“São dois grandes blocos: serviços cognitivos e comunicação por chatbots apoiados em sistemas cognitivos e IA”, diz. Em sistemas cognitivos, a empresa busca aplicar capacidade humana na tecnologia e, depois, tomadas de decisão via redes neurais. Como exemplo, ele cita sistemas de apoio à decisão, ou seja, personalização. No atendimento ao cliente, por exemplo, ele cita que é possível determinar as respostas a partir da compreensão do humor do cliente. “Em sistemas de linguagem, muitas vezes é difícil determinar se a conversa é com um robô ou com um agente”, diz.

Caso não seja possível manter o uso de uma nuvem pública, ele explica que os serviços de cognição podem ser aplicados no sistema interno da empresa.

2. Gestão do conhecimento

Na prática, esse serviço se aplica a qualquer tipo de informação – seja documento, seja imagem, ou até mesmo vídeos. Depois, esses dados são catalogados e transformados em outras interações. Portanto, é a transformação da informação em conhecimento em prol da experiência.

3. Machine Learning

No caso de máquinas de aprendizado, Lemos destaca que essa tecnologia passa a estar disponível também para pessoas que não são especialistas – cientistas de dados, por exemplo. “Estamos empoderando qualquer pessoas para que possam fazer sistemas cognitivos com máquinas de aprendizado”, diz.

Ele opera de duas formas: quem não é técnico, que atua na área de negócios, pode usar a alternativa automática, que já é pré-treinada e pode simplesmente ser abastecida com dados do negócio. De forma visual e gráfica, o uso é simples. Por outro lado, há o processo de operar voz, IA e nuvem – como um método de treinamento da Machine Learning.

O trabalho com voz

De acordo com Lemos, o trabalho principal com voz acontece em empresas de relacionamento com clientes, telecomunicações, mídia, hotéis, restaurantes e carros inteligentes. “Aplicamos as técnicas de voz para criar dados insights e um assistente digital”, diz. A ideia é que as empresas possam ter suas próprias assistentes virtuais de voz. “A Microsoft lançou recentemente um estúdio de voz em que cada um pode experimentar e criar a voz que vai falar com você”, afirma.

No Teams, ele conta que é possível ter uma tradução em tempo real da fala em outra língua. O Skype, por sua vez, foi o primeiro a ter tradução em tempo real. Ambas (e muitos outros recursos) usam a tecnologia da Microsoft.

Confira o vídeo completo:


+CVX

5 exemplos de como IA e os bots combatem a Covid-19
5 perguntas e respostas sobre bots e dados pessoais
Humana ou não, a voz é sempre uma alternativa no atendimento

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]