Pesquisar
Close this search box.
Alto índice de resolubilidade e autonomia do cliente coroam estratégia da TIM

Alto índice de resolubilidade e autonomia do cliente coroam estratégia da TIM

Operadora é a única empresa brasileira a conquistar o Selo Eficiência do Procon-SP; além disso, está há mais de 26 meses na liderança do ranking da Anatel

   Ser a empresa de Telecomunicações mais querida dos brasileiros: esse é o propósito da TIM Brasil. Para isso, a operadora vem investindo em soluções que facilitem a vida do cliente e a rotina de atendimento de seus colaboradores. E os resultados já são reconhecidos. A companhia conta com índice de resolubilidade acima de 85% nas operações de atendimento no Procon-SP, o que garantiu o inédito Selo Eficiência. O patamar não é registrado por nenhuma outra organização do País, levando em consideração todos os setores.

   Além disso, a operadora está há mais de 26 meses na liderança do ranking da Anatel, que analisa o atendimento das empresas aos clientes na recepção e solução de demandas, levando em consideração o índice de satisfação. Recentemente, a empresa também se saiu vencedora do Prêmio CONAREC na categoria Telecomunicações. 

   “Trabalhamos para reduzir o esforço do cliente, e isso é uma máxima dentro do atendimento. Então, procuramos montar todos os processos para  gerar o maior nível possível de autonomia para o cliente, seja nos canais digitais, com DialMyApp e URA Cognitiva, seja nos canais de texto, com bot ou atendente humano. Quando o atendimento humano é acionado, os processos e as ferramentas também buscam reduzir o esforço do agente para resolver o problema do cliente”, afirma Paulo Henrique (PH) Campos, diretor de Customer Services and IA for Customers da TIM.

   Exemplo disso é o processo de “troubleshooting”, implementado tanto nos canais digitais quanto no atendimento humano. Quando o cliente possui um problema de inconsistência no funcionamento dos serviços, ele consegue, sozinho, gerar uma atualização no aparelho. Com isso, 70% dos atendimentos são resolvidos pelo autoatendimento. Os contatos que chegam ao atendimento humano, na maioria, são solucionados na primeira interação, e apenas 4% são encaminhados ao Backoffice. 

   A alta resolubilidade influenciou, diretamente, os índices de NPS – o crescimento no segundo trimestre deste ano foi de 4 pp em comparação ao primeiro trimestre –; o churn pós-pago – que registrou taxa de 1,1%, menor nível em 12 trimestres –; e o crescimento de 28% do upselling total de clientes. 

Administrando as expectativas dos clientes

Paulo Henrique (PH) Campos,
diretor de Customer Services and IA for Customers da TIM

   Quando o cliente opta por fazer uma reclamação nos órgãos públicos, seja no Procon, seja no Consumidor.gov ou na Anatel, a TIM também possui uma estratégia para aumentar a satisfação com a jornada: administrar as expectativas do consumidor para entregar uma experiência fluida e resolutiva.

   “Temos uma ferramenta, a Turbina, que é uma orquestradora de canais e de backoffice. Ela nos permite identificar uma reclamação nos órgãos de defesa do consumidor e fazer um link com o cliente, realizando contato com ele através de canais digitais. A partir disso, damos um tratamento especial para o cliente, sempre mantendo o canal de comunicação aberto e o consumidor atualizado”, explica PH Campos.

   A dinâmica assemelha-se à jornada de comunicação de uma compra on-line, na qual o cliente é avisado da aprovação do pagamento, da separação do produto, do envio e assim por diante. A TIM, por sua vez, entra em contato com o cliente, apresenta o agente responsável por atender à demanda, informa de que forma ela será tratada e a média de tempo para a resolução da questão. 

   “A ferramenta também é integrada ao nosso aplicativo, então, o cliente pode verificar todo o histórico da conversa com o agente e ter um acompanhamento especial do seu pedido. Isso gerencia a expectativa do cliente e, consequentemente, aumenta a satisfação com a interação”, destaca PH Campos. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Evolução constante da experiência

   Outra frente de atuação que tem impactado positivamente a jornada de experiência do cliente da TIM é o Concierge VIP. Voltado para clientes TIM Black e TIM Black Família, o programa oferece uma jornada personalizada desde o momento em que o cliente realiza a contratação. 

   “É uma experiência exclusiva e que ainda não existe no mercado de Telecomunicações. Ao finalizar a habilitação do plano, apesar da consultoria já realizada pelo vendedor, o cliente recebe o contato do concierge dele, dando boas-vindas e se apresentado como a pessoa que irá atendê-lo dentro de toda a jornada com a TIM. A partir disso, um canal aberto de comunicação fica estabelecido, no formato que o cliente optar. Todas as demandas são centralizadas no concierge, o que gera maior relacionamento, proximidade e conhecimento do consumidor”, explica PH Campos. 

   O formato tem dado tão certo que a TIM já possui planos de expandi-lo para outras categorias de clientes. De acordo com PH, o orçamento para o próximo ano já possui vistas para contemplar essa expansão, que promete alavancar ainda mais a experiência do cliente. 

   Na visão da TIM, para manter a alta resolubilidade e as posições conquistadas no Procon-SP e na Anatel, a evolução da jornada de experiência precisa ser constante. “Vamos procurar sempre tornar a experiência uníssona entre os canais, ou seja, ter o mesmo nível de comunicação e possibilidades de atendimento em todos eles. Além disso, trabalhar muito a nossa área de Curadoria, para que a gente consiga tornar a máquina – a IA – mais próxima da realidade humana, sempre voltados para reduzir esforços”, diz PH Campos. 

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]