Pesquisar
Close this search box.
DESAFIOS E PERSPECTIVAS FUTURAS PARA A DEFESA DO CONSUMIDOR PELA SENACON

DESAFIOS E PERSPECTIVAS FUTURAS PARA A DEFESA DO CONSUMIDOR PELA SENACON

LUCIANO BENETTI TIMM SECRETÁRIO NACIONAL DO CONSUMIDOR DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA

presente artigo remonta algumas reflexões feitas ao longo de 2019 e que indicam um caminho para a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) no tocante à defesa do consumidor no Brasil.
O primeiro e mais importante desafio da Senacon é integrar o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC). Há uma percepção de integrantes do próprio SNDC de que é necessário maior uniformização de procedimentos administrativos e de interpretações dos dispositivos legais.

O segundo desafio é a integração com o Poder Judiciário, de forma que traga mecanismos os quais permitam aos consumidores maior cumprimento espontâneo de seus direitos, sem a necessidade de mover uma ação judicial e dar início a todo o aparato do sistema público de justiça, bastante moroso e custoso para os cidadãos brasileiros.

Em seguida, está o desafio de integração da defesa do consumidor com temas regulatórios, de modo que cabe à Senacon participar cada vez mais da regulação econômica levada a efeito pelas agências reguladoras. Isso significa a necessidade de capacitação dos seus servidores em temas econômicos e regulatórios, sendo o mais premente deles o tema da economia digital e da proteção dos dados.

Isso significa uma necessidade de maior interdisciplinaridade na defesa do consumidor, não mais restrita apenas ao Código de Defesa do Consumidor, mas à sua integração com outras leis e regulamentos setoriais.

Além disso, há atualmente uma estratégia do governo brasileiro de ingresso como membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A Senacon infelizmente hoje ocupa o nível mais baixo na Comissão de Política dos Consumidores da OCDE – CCP (mera “observadora”) – dentre os três existentes – decorrente de uma participação reduzida nos últimos anos. A Senacon deve pretender uma subida de nível de seu status para uma posição intermediária na OCDE: “participante” da CCP com vistas a futuramente chegarmos ao topo: membro integrante da comissão.

Desde a aprovação do CDC, há previsão de políticas públicas de defesa do consumidor, no entanto, o que fizemos desde então foi apostar na judicialização de conflitos. Aquela estratégia de adesão a alguns guias regulatórios da OCDE está absolutamente alinhada às diretivas do Governo Federal brasileiro acerca da utilização de Análise de Impacto Regulatório (AIR) e com a Lei de Liberdade Econômica (que coíbe o “abuso regulatório”), entre outras.

Desafio semelhante existe na integração da nossa defesa do consumidor no âmbito da UNCTAD, organismo da Organização das Nações Unidas (ONU) responsável por temas concorrenciais e de consumidor.
Não menos importante são os temas das ODRs (soluções de disputas on-line) e ADRs (métodos alternativos de disputas), ambos aplicados à defesa do consumidor. A Senacon terá a oportunidade de ampliar o uso da plataforma do consumidor.gov.br, em razão de sua integração com o Processo Judicial Eletrônico (PJE).

Finalmente, também existe tendência no direito comparado de uso de guidelines e soft law na defesa do consumidor, em decorrência de uma percepção de que o hard law e multa não funcionam na prática como dissuasão ao descumprimento da legislação do CDC.

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]