Pesquisar
Close this search box.
30 anos de AeC: as lições de uma empresa que se mantém atual

30 anos de AeC: as lições de uma empresa que se mantém atual

Com foco em pessoas e oportunidades, a empresa se reinventou ao longo dos anos e contribuiu para o desenvolvimento do País como um todo

   Quase tudo mudou nas últimas três décadas. Desde as transformações tecnológicas até o comportamento do consumidor e as novas legislações. A AeC, empresa que completa 30 anos em 2022, acompanhou esse processo e, ao longo dos anos, manteve a capacidade de inovar, permanecendo atual a cada momento. Mas como? O segredo está na capacidade de reconhecer e aproveitar oportunidades, além do olhar cuidadoso sobre as pessoas.

   Como conta Antônio Guilherme Noronha, fundador e acionista da AeC, a empresa iniciou como revendedora de softwares e sistemas e, ao longo desse processo, observou a necessidade de suporte e treinamento para que os clientes pudessem utilizar as ferramentas. Assim, inseriu-se no mercado de prestação de serviços. Esta foi a primeira oportunidade aproveitada para evolução. 

   “Em seguida, tivemos outra oportunidade com a chegada da telefonia móvel e a privatização das telecomunicações. Estávamos preparados com nossa expertise em tecnologia e gestão de pessoas, e iniciamos, então, no setor de atendimento. Isso mudou para sempre os rumos da AeC”, lembra. 

   De lá para cá, o setor de atendimento foi impactado pela Lei do SAC (que entrou em vigor em 2008 e, em 2022, foi reformulada), pela reforma trabalhista e pela Lei das Terceirizações. A partir da regularização e com maior segurança jurídica, a AeC pôde aperfeiçoar os processos com foco no cliente. Com as transformações tecnológicas mais recentes, isso se intensificou, trazendo inovações, fluidez e agilidade. 

   A forma como a tecnologia é vista permite diferenciação. “O que nos guia são as pessoas; a tecnologia nos capacita. Eu e meu amigo e sócio, Cassio Azevedo, sempre enxergamos a tecnologia como uma ferramenta aliada que irá, a cada dia, capacitar ainda mais as pessoas. Assim, pautamos a evolução da AeC. Jamais iremos abrir mão da inovação, mas, para inovar, é preciso criatividade, o que só o humano pode nos dar”, afirma Antônio Noronha. 

   O empresário ainda cita um princípio inegociável: “somente entrar no mercado em que a contribuição possa ser significativa”, outra variável direcionada especialmente para as pessoas. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A EVOLUÇÃO DA EXPERIÊNCIA IDEAL

   Naturalmente, o que se entende por “bom atendimento” também mudou em três décadas. Antes, era sinônimo de padronização e agilidade; hoje, pede-se exclusividade e solução. O consumidor opta por uma marca ou outra a partir da experiência ao longo do relacionamento, o que traz ênfase para frentes como UX, CX e construção de jornadas personalizadas. 

   “Script, média e tempo não são mais os principais pilares do atendimento. Por isso, hoje temos uma Diretoria de CX focada em jornadas e dispomos das mais modernas ferramentas de mediação de qualidade e satisfação. Vemos nossa carteira se diversificar a cada dia com clientes da nova economia, bem como marcas que se modernizam para acompanhar esta evolução no perfil de consumo”, diz Noronha. 

   Além disso, no cenário em que a multicanalidade permite ao consumidor escolher onde deseja ser atendido, a busca pelo atendimento uniforme e de qualidade em todos os canais deve ser constante. Isso é conquistado a partir da união equilibrada entre humano e digital. 

   Nesse sentido, a AeC entende que o atendimento digital resolve questões simples, mas é o atendimento humano que oferece a oportunidade para as marcas se aproximarem do consumidor. Antônio acrescenta: “O atendimento humano é também o mais democrático dos canais. Vivemos em um País onde o acesso à internet e às tecnologias, em geral, ainda não é para todos. Devemos adicionar a esta fórmula toda uma geração que também não é totalmente adaptada às evoluções digitais e que ainda permanece com grande capacidade de consumo e necessita de resolução e atendimento para as suas demandas. A tecnologia deve ser uma aliada do atendimento e não uma substituta.” 

O SETOR DE ATENDIMENTO E A INCLUSÃO

   Da geração de empregos à inclusão social, o setor de atendimento sempre foi um importante motor para o desenvolvimento do Brasil, possibilitando a democratização de serviços. Noronha lembra importantes contribuições do setor ao longo das últimas três décadas, destacadas pela Associação Brasileira de Telesserviços (ABT). Entre elas estão:

Acesso à informação:
a partir da venda ativa de assinaturas de jornais e revistas na década de 90.

Inclusão digital:
com a venda de assinaturas de telefonia e telefonia móvel, no início dos anos 2000.

Inclusão financeira:
possibilidade de abrir contas, emitir cartões de crédito e investir de forma remota, potencializada pela chegada das fintechs.

   Há, também, a importância da inclusão de pessoas no mercado de trabalho e, consequentemente, a criação de novos consumidores. A AeC, por exemplo, possui 17 unidades espalhadas pelo Brasil, sendo a maior delas em Campina Grande, na Paraíba. 

   “O setor de atendimento e serviços é hoje um dos principais empregadores do País, sendo a principal porta de entrada para milhares de jovens e mulheres no mercado de trabalho. Estamos em todas as regiões brasileiras, temos uma capilaridade e contribuímos de forma única com o desenvolvimento econômico das cidades onde atuamos, já que quase todos os recursos (salários e impostos) ficam nessas cidades, o que representa um importante investimento na economia local”, conclui Noronha.  

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]