Pesquisar
Close this search box.
/
/
Música e histórias pagam seu aluguel? Acredite: eles podem

Música e histórias pagam seu aluguel? Acredite: eles podem

Como a solidariedade, o compartilhamento e a internet ajudam pessoas a ajudar pessoas – e mudar o mundo em torno delas

Austin – EUA – A falta de residências acessíveis para aluguel nos Estados Unidos é um problema de grande complexidade, que demanda a criação de uma inovação, uma bala de prata capaz de enfrentar esse desafio.

Mas ao contrário de assuntos como a saúde e o meio-ambiente, o aluguel residencial está muito ausente da agenda nacional e política, mesmo atingindo 11 milhões de famílias americanas, que mal conseguem se sustentar por conta dos aluguéis que pagam.

Em termos simples, uma em cada dez famílias comprometem 30% ou 40% da renda para pagar o aluguel antes sequer de colocar comida em suas casas. Normalmente, o problema é abordado da perspectiva de que essas famílias precisam resolver o problema por si, mudando de casas, renegociando aluguéis, aumentando a renda. Soluções que na vida real não são simples.

Numa perspectiva histórica, na década de 1920, foram registradas diversas “festas de aluguel”, onde músicos de jazz tocavam em residências enquanto seus vizinhos passavam o chapéu para ajudar famílias a pagar seus aluguéis. Essa apresentação, reunindo um diretor de filmes e uma advogada, vai explorar como o storytelling e a música podem ajudar essas famílias, enfatizando a necessidade desses cidadãos na busca por aluguéis justos nacionalmente.

A abordagem dessa questão e a solução encontrada pela ONG Make Room, foram apresentadas no SXSW no painel “Como música e storytelling podem inspirar a mudança social”. Angela Boyd, advogada e Diretora-Geral da Campanha Make Room, Comunidade de Empresas Associadas e Paul Bozymowski, Produtor e Diretor da RadicalMedia mostraram a combinação de verdade, engajamento social, mídias sociais e altruísmo podem ajudar muitas pessoas.

Uma manifestação da sociedade, independentemente das esferas sociais, encaminhou uma solução simples para ajudar quem precisa. A ideia geral era buscar uma campanha de mobilização como aquelas divulgadas por filmes como Super Size Me (A dieta do palhaço), Morgan Spurlock e Verdade Inconveniente, do ex-candidato a presidente  e ativista Al Gore.

Jacques Meir

Festa do aluguel

A concepção da iniciativa foi justamente a de retomar as “festas de aluguel”, onde músicos engajados pela Make Room começaram a tocar nas residências e em festas no sentido de levantar os recursos para ajudar essas famílias carentes. A mensagem inspirou-se no aforismo de John Denver, de que a linguagem da música é universal, fala à alma, independentemente de classe social, cor ou gênero.

Comerciais foram criados e veiculados nas redes sociais trazendo as histórias e o perfil de algumas dessas famílias. Gente normal, que trabalha, batalha, é honesta, mas que não consegue, por motivos diversos e em situações específicas, pagar o aluguel e viver dignamente. Pessoas com familiares doentes, a necessidade de melhorar a educação dos filhos ou que perdeu o emprego momentaneamente.

Filmes mostrando a performance dos músicos participantes do programa ajudavam a divulgar o trabalho deles e também criavam expectativa é demanda para shows residenciais. Confira-os aqui.

Resultados emocionantes

Os resultados foram incríveis. Uma lição de como as plataformas sociais podem criar um ambiente inovador capaz de criar inovação de valor que possa trazer novos caminhos para a solução de problemas. A repercussão de mídia espontânea foi excepcional, ganhando revistas, jornais, portais, sites, engajamento orgânico – 10 milhões de views, 60 mil doadores, US$ 50 mil dólares em pequenas doações e 3 milhões de seguidores. F

ortes, Wall St Journal, Washington Post e Rolling Stone abriram espaço para o problema e a iniciativa. Ainda assim, o desafio permanece. A expectativa é que o número de famílias americanas que venham a comprometer mais de 30% da renda com aluguel pode chegar a 25% em dez anos.

As lições da Make Room: conecte-se, seja honesto, considere a sua audiência e procure atuar em rede.

***

Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]