Pesquisar
Close this search box.
/
/
Inteligência de dados: Entender o cliente para fidelizar e alcançar resultados

Inteligência de dados: Entender o cliente para fidelizar e alcançar resultados

Investir em inteligência de dados é estratégia cada vez mais importante para a obtenção de bons resultados

O uso inteligente de dados, que já vinha se tornando cada vez mais imprescindível nas relações entre cliente e empresa, passaram a ser ainda mais fundamentais nos últimos seis meses, em decorrência das transformações impostas pela pandemia.

No Fórum Consumidor Moderno realizado nesta quarta-feira (6), o diretor-executivo do Grupo Padrão, Jacques Meir, conversou com Elcio Santos, CEO da Always On Digital sobre o poder do Data Science para mapear o comportamento do consumidor digital.

De acordo com Elcio, a criação de uma base inteligente de dados passa por 3 pilares: compreender o usuário, engajar e crescer o resultado dos negócios.

Curadoria dos dados

Para o CEO da Always On Digital, para que o uso dos dados seja feita de maneira eficaz, é preciso que, antes da tomada de decisão, exista uma política de revisão e integração dessas informações sobre os clientes. E é nessa hora que muitas empresas pecam.

Ele afirma ainda que as empresas que conseguem entender as demandas do consumidor e, assim, definir o target, são as que sairão melhores deste período de crise. E, para organizar os dados que “importam para a empresa”, deve ser realizada uma curadoria. “É comum as informações das empresas estarem espalhadas em Call Center, dentro do ERP, no software de CRM, ponto de vendas, no e-commerce sem que essas informações conversem”, aponta.

“No Brasil, o CRM é muito relacionado a softwares, mas CRM é uma filosofia. Não serve apenas para enviar emails transacionais, mas também para integrar a área de marketing à área de negócios da empresa.”

Nesse processo, surge a Inteligência Artificial (IA) – que só pode ser viabilizada quando os dados estão organizados. Antonio Campoi, gerente de Customer Care da Caixa Econômica Federal, comenta que uma boa experiência omnichannel, integrada e proativa, é o sonho de gestão do relacionamento com os clientes.

O mesmo vale para os bots: como afirma Jacques Meir, diretor-executivo de Conhecimento do Grupo Padrão, essas tecnologias precisam ser treinadas, ou seja, sempre abastecidas com novo conhecimento. Beatriz Galloni, superintendente de Marketing do Banco Safra, confirma que a interação, feita a partir da tecnologia, tem q ser muito boa. Caso contrário, o cliente pode não ter suas dúvidas esclarecidas.

O desafio de fidelizar clientes

A pandemia impulsionou a digitalização do consumo. De acordo com pesquisa da Ebit|Nielsen, o e-commerce brasileiro registrou crescimento de 47% no primeiro semestre deste ano, maior alta em 20 anos.

Com a fluidez no consumo dos tempos atuais, afirma Elcio, cerca 40% dos consumidores estão consumindo através de novas marcas. Para o executivo, esse aumento da experimentação torna ainda mais necessário investir em excelência para possibilitar a fidelização dos clientes.

“Pesquisas mostram que o consumidor está disposto a pagar 18% mais no produto ou serviço se a experiência dele atingir o esperado. Caso contrário, essa infidelidade pode gerar uma disputa excessiva, culminando em uma guerra de preços. Então é preciso investir em cativar os clientes. E fazemos isso através da análise de dados.”

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), norma que regulamenta o uso de dados de pessoas físicas pelas empresas, muitas empresas estão tendo que se preparar para atender às regulamentações.

“Uma coisa é política de dados, outra é atender à LGPD. Muitas empresas ainda não estão preparadas. Você já tem uma base de dados e clientes, o que acontece é que agora você vai ter que espelhar isso de acordo com a regulação. Toda essa política deve ser revista e, se necessário, modificada”, explica.

“Quando falamos de LGPD, falamos muito através da ótica dos consumidores e acabamos esquecendo das empresas. 95% dos vazamentos acontecem dentro das próprias companhias, através de uma planilha vazada, uma senha fraca, qualquer descuido que acaba favorecendo a entrada de um malware. Então o pensamento tem que ser também em proteger essas empresas de invasões cibernéticas.”

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]