Pesquisar
Close this search box.
/
/
A ótima experiência acabou comigo

A ótima experiência acabou comigo

Bruno Gobbato, amante de mercados, usa pela primeira vez o Corner Shop, aplicativo de entrega, e se encanta com a experiência

Caros amigos do CX. Estou triste. Neste período que passamos de pandemia e rígidas restrições em São Paulo, e em muitas cidades do Brasil, minha querida esposa me pediu para não ir mais ao mercado fazer as compras. Acontece que eu adoro ir ao mercado! Faço questão de fazer isso toda semana, é quase que uma obsessão. Quando viajo, quero conhecer o mercado local. Se for para o exterior, este desejo aumenta em grandes proporções.

Leia mais: Como os supermercados regionais e atacados fidelizam os clientes?

Diante da situação, decidi buscar um dos aplicativos disponíveis, já achando que ia dar tudo errado. No fundo era isso que eu queria, para poder manter a rotina de ir ao mercado.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

O que mais me chamou a atenção pela variedade foi o app CornerShop, adquirido pela Uber. Talvez ali estivesse a oportunidade perfeita pra dar tudo errado! Escolhi o mercado mais popular das galáxias, onde já sei que a parte da feira é péssima, e variedade também não é nada excepcional. Estou me referindo ao Atacadão.

A primeira compra demorou uns dois dias pra sair. Afinal, para mim, naquele momento era fundamental dar uma enrolada. Mas não deu, o pedido saiu, e eu só fiz uma ameaça: caso não dê certo, venha coisas erradas, ou de baixa qualidade, devolvo tudo e vou ao mercado!

Na manhã seguinte, por algumas vezes o shopper da CornerShop entrou em contato comigo. Ignorei. Se ele é um bom shopper não precisa de mim. Um pouco mais tarde chegou as compras, mas eu não estava em casa para conferir.

Quando cheguei no final do dia, já rolou aquela inquisição: alguém conferiu o pedido para ver se não fomos enganados? Não haviam conferido nada, só guardaram. E lá fui eu conferir. Abri o app e descobri que alguns itens foram substituídos à critério do shopper, mas, para meu desespero, manteve-se a mesma qualidade, e o mesmo preço!

Fui direto na geladeira para conferir frutas e verduras, convicto que estavam entregues com baixa qualidade. Se nem eu consigo trazer uma pera sem dar uma batidinha, imagine eles, pensei… Tudo perfeito. Fiquei calado.

Na mesa de jantar, veio a humilhação temida. “Amor, que espetáculo de serviço dessa CornerShop! Veio tudo muito organizado, arrumado, com um cuidado absurdo nas escolhas, e ainda ganhei duas sacolas reutilizáveis. Amei!”

Estava ali decretada a minha derrota como chefe da família que vai ao mercado. Passei então a observar a Corner Shop do ponto de vista da experiência, que era tudo o que me restava:

  • Ampla variedade de mercados, e muitas opções extras como chocolateria, comida congelada, açougue, só pra citar alguns exemplos;
  • Você sabe tudo o que está acontecendo, e o shopper se comunica diretamente com o cliente quando tem alguma dúvida;
  • Se há alguma substituição pelo shopper, eles assumem o risco, porém o mitigam ao escolher uma opção da mesma qualidade, e essa percepção é muito pessoal, mas não decepcionou;
  • A entrega é com hora marcada, e eles cumprem. Parece óbvio, não é?
  • Os mantimentos ficam muito bem acondicionados, organizados, nada amassa. A impressão que dá é das melhores. Estamos falando de percepção, o combustível de CX;
  • Em uma compra posterior faltou um item, entrei em contato, e em menos de 45 minutos, já me responderam perguntando se poderiam entregar o item no dia seguinte sem qualquer custo, ou se queria o estorno. Decidi pela entrega, e foram impecáveis novamente.

Moral da história: a experiência de alto nível só me trouxe benefícios, como era de se esperar, ainda que eu esteja com raiva da Corner Shop!

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

*Por Bruno Gobbato, co-fundador da PeopleXperience, consultor na ConsumerFirst e gerente de Relacionamento na Brinquedos Estrela.


+ Notícias

Empatia na experiência e na vida

A era da experiência ou da conveniência?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]