Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que podemos aprender com a CCXP para a experiência do cliente?

O que podemos aprender com a CCXP para a experiência do cliente?

Evento anuncia nova edição virtual em 2021 e abre ingressos para a versão presencial em 2022

Já é claro ao mundo corporativo que trabalhar a experiência do cliente é fundamental para se ter um bom negócio. Afinal, tendo em vista que o consumidor é a estratégia principal, promover a ele uma boa experiência durante sua jornada de compra e relacionamento com a marca faz toda a diferença. Mas o produto a ser comercializado é, por si só, a própria experiência?

No Brasil, desde 2014, a Comic Con Experience (CCXP) vende a ideia de ter uma experiência de cultura pop, com base no evento realizado nos moldes da San Diego Comic-Con. Em seu ano de estreia no Brasil, o evento atraiu 97 mil pessoas — algo bastante próximo da audiência do evento nos Estados Unidos — com um único objetivo: fornecer trazer a experiência épica para reunir fãs, jornalistas e entusiastas de entretenimento.

Falar que a CCXP é grande, no entanto, não é novidade. Em 2019, o evento bateu recorde de maior Comic Con do mundo e reuniu 280 mil pessoas, fator que revelou bastante informação sobre o perfil do consumidor de cultura pop no Brasil. E com algo tão astronomicamente valioso em mãos — visto que o ingresso para o evento não é, nem de longe, acessível —, o mundo dos negócios conclui uma certeza: quando a experiência é trabalhada da maneira correta, ela consegue lotar o São Paulo Expo de pessoas, mesmo que o valor investido seja alto.

Por que a experiência da CCXP encanta?

Apoiado na temática da cultura pop, o evento tem inúmeras oportunidades de fomentar um negócio promissor: trazer grandes nomes do entretenimento, artistas de forma geral, concursos, stands, produtos geeks etc. Mas há algo além da venda que é trabalhado muito bem na CCXP — e não à toa, levou-a ao maior evento de cultura pop do país: o valor da palavra “épico”.

Desde 2014, o evento trabalha a experiência do cliente em todos os aspectos, mesmo antes da entrada no salão da São Paulo Expo. Um exemplo são as sensações transmitidas ao consumidor já na fila de espera, fora do espaço; com tantas pessoas, é inevitável a formação de filas, mas desde lá a CCXP já trabalha o contato visual: conta com banners do evento e com uma música épica — tema de todo o evento — para iniciar a experiência de expectativa. Autofalantes disparam informações e o público de fora consegue ouvir gritos e a empolgação daqueles que estão dentro. Tudo é esquematizado para que a experiência seja, de fato, épica do início ao fim.

Para determinados ingressos, a experiência é ainda maior: houve anos em que algumas credenciais permitiam que o público fosse buscado em casa para assistir ao evento, bem como inúmeros outros benefícios, tudo de forma bastante física. E foi por isso que os criadores do evento se viram em uma rua sem saída quando a pandemia limitou a realização do evento em sua plenitude.

Um ensinamento valioso sobre resiliência

Em 2020, com tantos impedimentos e protocolos de segurança, o evento que tinha tudo para ter seu maior recorde de público teve que ser adiado. Enquanto a maior parte das pessoas já se preparava para ir ao São Paulo Expo em dezembro, a CCXP mostrava que a experiência pode ser proveitosa também no online.

E foi assim que o evento teve sua primeira edição de forma virtual e pretende repeti-lo neste ano, conforme anunciou em coletiva de imprensa na última segunda-feira (13). E a falta do ambiente físico pode ter causado saudades, mas trouxe outras vantagens também, como uma quantidade maior de artistas nos painéis virtuais e grandes nomes do entretenimento.

Esse é um importante ensinamento deixado ao mundo dos negócios: a capacidade de adaptação, a essência humana que transportamos ao mundo corporativo. De fato, a CCXP não teve um público presencial tão grande, mas a adequação ao digital também trouxe frutos. Ano após ano, as empresas se inspiram no evento para trabalhar a experiência do cliente — o que as faz sair na frente, sem exceção.

experiência-do-cliente


+ Notícias

Se cuida, Jackie Chan! Procon SP notifica Shopee

O Customer Experience (CX) está ligado à Cultura?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]