Pesquisar
Close this search box.
/
/
Caixa é empresa que mais entrega valor para a sociedade

Caixa é empresa que mais entrega valor para a sociedade

Estudo da DOM Strategy Partners elege as empresas que mais se destacam na entrega de valor para os diversos stakeholders

Crédito farto e barato, ampliação de mercado e da base de clientes, expansão da rede de agências e investimento em trabalhadores qualificados: esses são os alicerces sobre os quais a Caixa Econômica Federal está construindo a sustentabilidade da estratégia de crescimento, contribuindo diretamente para o desenvolvimento do Brasil e para a melhoria da qualidade de vida da sociedade.  

Por essa razão, foi eleita a empresa que mais entrega valor para a sociedade, de acordo com estudo exclusivo da DOM Strategy Partners para a revista Consumidor Moderno. A matéria completa sobre o estudo poderá ser vista na íntegra na edição de outubro da publicação. Jorge Hereda, presidente da Caixa Econômica Federal, nos falou sobre a trajetória que levou o banco a conquistar esse mérito. Confira parte da entrevista exclusiva concedida por ele:

Consumidor Moderno: A quais fatores o senhor atribui a conquista da posição de empresa que mais entrega valor para a sociedade pela Caixa Econômica Federal?

Jorge Hereda: No primeiro semestre de 2014, a Caixa foi responsável por 50% do crescimento do crédito total do Brasil e 91% do crescimento do crédito livre no país no mesmo período. O banco injetou na economia brasileira R$ 323 bilhões em contratação de crédito comercial, financiamento habitacional, empréstimos para obras de infraestrutura e distribuição de benefícios sociais. Até o fim do ano, concederemos empréstimos de R$ 20 bilhões para obras de infraestrutura.

Realizamos cada vez mais o maior sonho da vida dos brasileiros: todos os dias, em média, oito mil famílias assinam contratos de compra de imóvel pela Caixa.  Também conseguimos avançar no financiamento às empresas. Em três anos, mais do que dobramos a carteira de pessoa jurídica, atingindo um saldo de R$ 96 bilhões. E fizemos isso sem deixar de atender às médias, pequenas e micro empresas, que representam 98% dos clientes e 62% do estoque de crédito. Todo esse esforço se refletiu no aumento da base de clientes, que hoje passa de 75 milhões, número que equivale à população da França. Nos últimos três anos, conquistamos mais 23,8 milhões de correntistas. Todos os meses 1,1 milhão de novas contas são abertas nas agências da Caixa.

CM: Uma boa reputação é construída por meio de troca e de interações, seja com a divulgação de informações transparentes ou mesmo a prática bom relacionamento. Neste contexto, como a companhia constrói sua reputação?

JH: O posicionamento institucional da Caixa de ser mais que um banco é determinante para a construção da reputação e imagem junto à população. A empresa continua como o banco das melhores taxas, que promove a inclusão bancária e social por intermédio de produtos direcionados às classes de menor renda e mantém a atuação em programas de governo de habitação e educação.

Além disso, o banco mantém diferenciais de atendimento, como as agências-barco, que atendem às populações ribeirinhas do alto Solimões e da Ilha de Marajó. A agência Chico Mendes que percorre 300 km e atende mais de 250 mil habitantes da população ribeirinha do Rio Solimões (AM), e agência Ilha de Marajó que percorre 700 km, atendendo a população ribeirinha do Rio Marajó, além de 18 caminhões-agência que percorrem vários pontos do país.

CM: Conte-nos uma história que ilustre a importância dos ativos intangíveis (como credibilidade, imagem e reputação) da empresa para o cliente?

JH: Entre outros casos podemos citar o da paratleta Edênia Garcia, que encontrou no esporte um novo significado para a vida. Quando criança Edênia foi diagnosticada com polineuropatia motora, mas isso não a segurou. Ela é nadadora olímpica e em 2006 foi convidada a ser atleta pela Caixa. Conquistou sua primeira medalha aos 17 anos. Foi Prata nas Paralimpíadas de Atenas 2004; bronze nas Paralimpíadas de Pequim 2008; tricampeã mundial nos 50m em 2002, 2006 e 2010; quatro medalhas de ouro no Parapan de Mar Del Plata 2003; dois ouros e dois bronzes no Parapn Rio 2007; ouro no Parapan de Guadalajara em 2011.

A Caixa não somente mudou o cenário paraolímpico no Brasil, ela é também o maior patrocinador mundial do esporte paraolímpico, promovendo transformação na vida das pessoas, acreditando nelas e dando ferramentas para que possam ultrapassar seus próprios recordes. Essa é apenas uma história, dentre milhares, sobre pessoas que uniram seus objetivos com os nossos e, juntos, estamos construindo um Brasil mais produtivo.

* Leia o estudo completo na edição de outubro, #197, da revista Consumidor Moderno e pelas redes sociais sob a hashtag #ConsumidorModerno

 

Leia mais:

Internet e TV caminham juntas para o consumidor

E-mail marketing: ame, odeie, mas nunca deixe de usar

Relembre as melhores campanhas de marketing no Orkut

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]