Pesquisar
Close this search box.
/
/
Banco Central inicia primeira fase do Open Banking; o que esperar?

Banco Central inicia primeira fase do Open Banking; o que esperar?

Programa é mais uma estratégia para aumentar a competitividade do mercado e promover inclusão financeira

A primeira das quatro fases do Open Banking no Brasil entra em funcionamento a partir desta segunda-feira (1). O programa, que permitirá o compartilhamento padronizado de dados e serviços pelas instituições participantes através de APIs, é mais uma estratégia do Banco Central para aumentar a competitividade do mercado e promover a inclusão financeira.

“A proposta do Open Banking é incentivar a inovação financeira, racionalizar os processos das instituições reguladas, possibilitar parcerias comerciais entre instituições financeiras e instituições não-financeiras, e, também, empoderar o consumidor financeiro. Espera-se, assim, uma redução de assimetrias de informações entre os agentes econômicos e diminuição de barreira de entrada de novos agentes, maior oferta de produtos e serviços mais adequados aos diferentes perfis da sociedade, contribuindo para a queda do patamar de juros cobrados dos clientes. A forma a partir da qual os consumidores se relacionam com os prestadores de serviços financeiros pode ser transformada”, afirma o Banco Central em entrevista à Consumidor Moderno.

Na prática, um exemplo de possibilidade trazida pelo programa é a de o consumidor reunir em um único aplicativo as informações de contas em diferentes instituições, facilitando o controle financeiro. Outro é ter acesso a um serviço que analisará toda a vida financeira e trará sugestões de investimentos mais personalizados.

Leia também: Como será o avanço da tecnologia bancária em 2021 

Primeira fase em andamento

Os bancos estão se preparando para o Open Banking desde 2018. Na primeira das quatro fases de implementação, as instituições participantes terão que entregar informações sobre seus canais de atendimento, como endereços das agências e canais oferecidos para atender clientes. Dados e características sobre produtos e serviços oferecidos, por exemplo, tipos de conta, empréstimos e financiamentos, também serão compartilhados.

Para Isaac Sidney, presidente da FEBRABAN, “A expectativa do setor bancário com a chegada do Open Banking é bastante positiva”. Como resultado da primeira fase, já poderão surgir no mercado soluções que façam a comparação entre produtos e serviços.

Próximos passos

As outras três fases de implementação do Open Banking também devem ser iniciadas em 2021. Prevista para o dia 15 de julho, a segunda fase permitirá que as instituições troquem dados de cadastros e transações de clientes entre elas, desde que haja um consentimento de maneira expressa por parte desses clientes.

Leandro Vilain, diretor de Inovação, Produtos e Serviços da FEBRABAN, acredita que é a partir da segunda etapa que uma interação mais direta com o cliente final terá início, ou seja, os consumidores passarão a poder receber propostas de ofertas e serviços mais personalizados de instituições que receberam o seus dados.

Já na terceira fase, que deve ser iniciada no dia 30 de agosto, o cliente poderá fazer transações sem necessariamente usar os canais da instituição que possui conta, como o internet banking ou o aplicativo. Será possível realizar transferências dentro de aplicativos intermediários e até dentro de sites de e-commerce.

A quarta e última fase, prevista para 15 de dezembro, ainda está em discussões técnicas. Nela deverá acontecer o compartilhamento de dados mais específicos dos clientes, como produtos e serviços de operações de câmbio, investimentos, seguros e contas-salário.

“É importante lembrar que o sistema, que gera uma série de oportunidades e novos negócios, estará em constante evolução e exigirá investimentos contínuos dos participantes, com pleno potencial para revolucionar os produtos e serviços em nosso mercado financeiro”, afirma Leandro Vilain.


+ Notícias 

Os próximos passos dos meios de pagamento digitais 

Open Banking: o que é e como vai funcionar 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]