Pesquisar
Close this search box.
/
/
Saiba como utilizar os canais de atendimento na orquestração de audiências com o Itaú

Saiba como utilizar os canais de atendimento na orquestração de audiências com o Itaú

Diversidade nos meios de comunicação é um diferencial para muitos consumidores

A dinamicidade e a competitividade do meio empresarial exigem que as empresas estejam alertas e disponíveis para seus clientes em diversos canais de atendimento. No entanto, esse alto número de pontos de comunicação pode acabar dificultando a orquestração de audiências da sua instituição, já que exige um maior número de funcionários direcionados para a tarefa e também uma boa organização para que todas as demandas sejam solucionadas.

A seguir, você poderá conferir como funciona a customer experience e quais são os principais desafios no atendimento de um grande banco brasileiro, o Itaú.

Atendimento personalizado

Como uma grande empresa, o Itaú possui uma gama diversa de canais de atendimento em que o cliente pode escolher em qual prefere solucionar a sua demanda.

“Temos opções tanto para quem busca o autoatendimento digital, como alternativas para quem se sente mais confortável em entrar diretamente em contato com a nossa equipe. Em algumas circunstâncias, embora nosso cliente opte por um determinado canal, ele pode migrar para outro. Então, o primeiro desafio desse gerenciamento é oferecer o melhor canal para cada cliente e fazer com que ele consiga sair satisfeito daquele atendimento, independentemente da plataforma escolhida”, explica Andrea Carpes, diretora de Atendimento ao Cliente do banco.

Para isso, a empresa utiliza diversos sistemas que integram os canais e possibilitam que o cliente seja identificado e contextualizado para as diferentes equipes. Assim, o cliente é atendido no canal em que preferir e tem uma experiência que melhor se encaixe ao perfil dele.

Canais de contato

Cada empresa define seus canais de atendimento de acordo com o perfil de seus clientes e dentro dos recursos disponíveis no momento para o investimento nas plataformas de interação. Por exemplo, o Itaú trabalha com pontos digitais e físicos, oferecendo diversos meios de solucionar as demandas do público. “Disponibilizamos o atendimento ao nosso cliente por meio do Internet Banking, aplicativos para mobile, redes sociais, WhatsApp, SMS, push, e-mail, telefone, agências físicas e PABs (postos de atendimento bancários especiais)”, compartilha Andrea Carpes.

E para auxiliá-lo na escolha dos canais de atendimento que adotará na sua empresa, listamos os mais usados e as suas características principais:

Telefone

Embora não seja uma tecnologia recente, ele ainda continua sendo um dos pontos de contato mais utilizados quando o assunto é atendimento ao consumidor. Seja por meio de call centers ou diretamente com o setor responsável pelo atendimento, o telefone corporativo é altamente recomendado e indispensável na rotina da empresa.

E-mail

Tão tradicional quanto o telefone, o e-mail também é um canal de comunicação essencial nas empresas. Econômico e de fácil operacionalidade, o e-mail corporativo pode ser usado para registrar demandas do cliente ou reclamações.
Outra vantagem da utilização do correio eletrônico é a possibilidade de atender diversos clientes ao mesmo tempo, diminuindo as filas de solicitações e colaborando muito para a orquestração de audiências da sua instituição.

Aplicativos

Com diversos recursos e tecnologias à disposição, inúmeras empresas estão recorrendo aos aplicativos próprios como uma forma de manter contato com seus clientes.

Essa ferramenta possibilita com que sua empresa possa oferecer atendimentos personalizados de acordo com o perfil da persona e o histórico de solicitações mais frequentes.

Chatbots

Seguindo o padrão de inovação tecnológica, os chatbots são robôs convencionais que utilizam a inteligência artificial para interagir com os clientes como se fossem atendentes reais.

Dependendo da criatividade e do investimento em programação, é possível disponibilizar conversas interativas e personalizadas para sua audiência, gerando assim, agilidade no processo de atendimento. Outro ponto positivo da ferramenta é que ela consegue atender diversas pessoas ao mesmo tempo, sem precisar do acompanhamento de um colaborador da empresa para isso.

Ouvidoria

Trata-se de um canal feito exclusivamente para receber reclamações e sugestões de melhora para a sua empresa. É um excelente canal para dar voz ao cliente e conhecer a visão dele sobre a sua corporação.

Para ter sucesso na estratégia, a equipe responsável pela ouvidoria precisa ser ágil e possuir autonomia para resolver problemas sem burocracias e buscar solução dentro dos recursos da empresa.

Autoatendimento

Essa forma de contato vem ganhando diversos adeptos pelo mundo afora, já que nesse canal de atendimento, o próprio cliente resolve seus problemas sem precisar da ajuda de um atendente humano.

O FAQ é um exemplo de canal de autoatendimento, pois, por meio dele, o cliente procura e soluciona suas dúvidas de forma independente e sem precisar acionar nenhum colaborador da empresa.

Além disso, lojas e mercados que disponibilizam plataformas onde o cliente passa as próprias compras também estão oferecendo pontos de autoatendimento.

Mídias sociais

Indispensáveis para a comunicação e a construção do branding da sua empresa, as mídias sociais também podem ser usadas como canais de atendimento.

Elas fortalecem o relacionamento com o seu público, além de serem práticas e rápidas para o recebimento das demandas.

Conheça seus clientes

Para Andrea Carpes, o principal aprendizado do processo de orquestração de audiências é entender que os clientes podem utilizar diferentes canais, dependendo do seu perfil e de suas necessidades no momento em que procuram o atendimento. Como resultado, a empresa precisa adaptar os processos e serviços às necessidades dos clientes.

“Nas centrais de atendimento são mais de 8 milhões de contatos com nossos agentes por mês, seja por voz, chat, púberes sociais e mais de 10 milhões de outros contatos em que o cliente se autosserve em nosso atendimento digital”, destaca a diretora de Atendimento ao Cliente do Itaú.

Agilidade na resolução dos problemas

O maior desafio enfrentado atualmente pelo banco com relação à orquestração de audiências é antecipar os problemas pelos quais os clientes podem contatar a empresa e já proporcionar uma solução assertiva de maneira proativa. “Hoje, já realizamos isso em algumas situações, como no bloqueio de transações com características fraudulentas. Mas, nosso desafio é aumentar ainda mais essa predição de contato e com isso, facilitar para os nossos clientes”, explica a executiva.

Customer experience

Andrea Carpes afirma que o primeiro grande passo para formular uma experiência de consumo completa é o entendimento claro das reais necessidades dos clientes. A partir daí, por meio de estudos, pesquisas e a utilização de dados, é possível desenvolver soluções pelas quais essas necessidades podem ser atendidas no primeiro contato com o cliente. Ao testar as soluções, é possível achar aquelas que melhor se encaixam em cada cenário para implementar o atendimento resolutivo.

experiência-do-cliente

 

 


+ Notícias

A orquestração de audiências da Sky para garantir um bom gerenciamento de canais

Com aporte da Interplayers, Conecta Médico mira no omnichannel e no investimento em tecnologia

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]