Pesquisar
Close this search box.
/
/
5 big techs para ficar de olho na nova década

5 big techs para ficar de olho na nova década

O que podemos esperar das principais empresas de tecnologia do mundo na nova década?

As big techs dominam a conversa sobre tecnologia, dados, inovação e economia nos últimos anos. Em plena guerra econômica – entre Washington e Pequim – quem dá as maiores cartadas são companhias como Apple e Huawei.

Os últimos tempos também foram recheados de polêmicas que envolvem o Facebook, campanhas eleitorais e dados. Quem não lembra de todo o “rendes-vouz” que envolveu a Cambridge Analytica e a vitória de Donald Trump?

As questões deixadas pelas big techs

Nos perguntamos por aqui quais os próximos passos destas companhias e o que podemos esperar delas. Algumas prometem levar pessoas para Marte e outras mudar a maneira com a qual nos relacionamos.

Os nomes aqui listados não são grandes  surpresas, mas seus planos são peças importantes do quebra-cabeça que forma a nova década e a evolução do consumo mundial.

O Google, por exemplo, promete há algum tempo trazer seu óculos inteligente para a realidade consumada. Será que vai rolar? A exemplo, você confere abaixo o que outras big techs estão aprontando e por qual motivo é preciso ficar atento:

1 – Tesla

big techs tesla

O recém anunciado Cybertruck foi um mix de excitement e vergonha alheia. As novidades da pick-up do futuro são animadoras, mas ajustes são necessários. O vidro “inquebrável” rachou durante um teste ao vivo, porém a lataria se manteve intacta à impactos também testados durante o live streaming. Por aqui, acreditamos no potencial do carro e a impressão que fica é de que a Tesla trará muitas novidades sustentáveis e extra tecnológicas para os próximos anos. Os carros autônomos  já são sucesso nos Estados Unidos. Poderíamos esperar uma expansão global da marca?

2 – SpaceX

A big tech do espaço está em corrida com outras empresas espaciais pela segunda ida à Lua com a NASA e, também por trás do principal projeto de viagens à Marte. Nesta década vimos o teste bem sucedido do Falcon Heavy X e o featuring com a Tesla no envio de um Roadster para o espaço. Elon Musk passou por algumas “saias justas” durante os últimos anos, mas de qualquer forma continua a prometer grandes novidades para os próximos anos. Será que sua companhia conseguirá começar o processo de colonização em Marte?

3 – Facebook

O Facebook não se encontra nessa lista por suas inovações futuras ou expectativas sob algum novo equipamento ou feature nas redes sociais. O que queremos saber é se Mark Zuckerberg e sua companhia conseguirão otimizar a maneira com a qual lidam com os dados pessoais dos usuários e, o mais importante: quais medidas serão tomadas em uma década onde a LGPD, a GDPR e outras leis de proteção de dados entrarão em voga como nunca antes?Poderia a empresa sobreviver em um mundo de privacy by design? Acompanhemos.

4 – Xiaomi

A Xiaomi tem se mostrado constante no mundo móvel. Apesar dos contras de ser um produto fabricado na China e com isso trazer uma insegurança sobre a coleta de dados, os aparelhos da marca mostram sucesso comercial e crítico como nenhuma outra empresa asiática do segmento foi capaz de entregar até agora. A companhia também segue intacta na guerra comercial entre EUA e China. O mais excitante é o número de novos modelos entregues durante o ano. São tantas novidades legais que fica difícil acompanhar.

5 – Apple

Especialistas apontam que a empresa pode não sobreviver aos novos tempos se não reinventar certas características e se não apresentar novidades muito relevantes. Porém, o iPhone 11 deu uma nova direção a esse rumo. A nova linha mudou percepções e foi vista com bons olhos. O iPad agora é uma forte aposta da Apple. O sistema iPadOS transformou o dispositivo em um híbrido de tablet e notebook. Será que a maior empresa de gadgets do mundo vai sobreviver e continuar dominando a expectativa do show business? Essa é a pergunta que você deve guardar durante os próximos capítulos.


Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]