Pesquisar
Close this search box.
ESTRATÉGIAS DE COMBINAÇÃO QUE LEVAM AO CUSTOMER EXPERIENCE

ESTRATÉGIAS DE COMBINAÇÃO QUE LEVAM AO CUSTOMER EXPERIENCE

Inovação combinável da Avaya promete maior resiliência a empresas e menor abandono de clientes

O LENTO CARREGAMENTO DE UM SITE, a demora para a efetivação de uma troca, a espera pelo esclarecimento de uma dúvida. Migrar para a loja de um concorrente ou cancelar um produto, apenas por querer soluções praticamente instantâneas, é natural para mais da metade dos consumidores modernos. O problema é que, para empresas de produtos e serviços, as experiências ruins podem custar 60% de seus clientes, como mostra a recente pesquisa da Avaya, fornecedora de soluções, serviços e inovações na área de comunicação e colaboração desde os anos 2000. O levantamento também dá conta de que um em cada cinco compradores abandonará uma marca após uma única interação indesejada enquanto um em cada dois consumidores consulta opiniões antes de negociar com empresas sob sua mira. O trabalho para que cada cliente se sinta o preferido já não diz mais respeito a uma fórmula única aplicada às operações de atendimento.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A máxima de que nenhum fornecedor é capaz de satisfazer todas as necessidades de um cliente e nenhum software consegue cobrir tudo fez surgir no mercado um novo conceito, em que os chamados aplicativos combináveis se adaptam de forma inteligente ao ecossistema de uma variedade de dispositivos para a resolução de problemas específicos. 

Estamos falando do Composability, orquestração da infraestrutura das teleoperações aplicada à plataforma de comunicação e colaboração da Avaya especialmente para lidar com a interrupção e a mudança contínua dos negócios, a exemplo do cenário que vivenciamos ao longo da pandemia da Covid-19.

Para além da personalização

O composable une diferentes tecnologias para o alcance de um objetivo de negócio que possa contemplar desde um problema operacional até um projeto estratégico com datas e compromissos específicos.

“O foco passa a ser na resolução de um problema, no time to market, no time to revenue, e não em uma tecnologia ou fornecedor. A plataforma composable é capaz de agregar tudo o que gestores precisam, com a alocação dos recursos à medida que for necessário para construir o sistema ideal para as demandas do negócio”, explica Marcio Rodrigues, presidente da Avaya Brasil.

A inovação pode ser utilizada por qualquer empresa

(de qualquer tamanho ou vertical), com o objetivo de aumento de produtividade, economia de custos, conectividade entre diferentes aplicativos de negócios e melhor experiência, tanto do cliente quanto do colaborador.

“Em nossa plataforma, todos os componentes são modulares e reutilizáveis, baseados em APIs para a integração entre eles. Ela oferece muito mais fluidez para suportar as formas como você utiliza o seu ambiente tecnológico disponível, devido à flexibilidade e ao tempo de adequação para atender ao que for necessário para os negócios no momento”, complementa Alessandro Chelini, consultor sênior de Negócios da Avaya.

Menos custos, maior resiliência

A relevância das aplicabilidades do composability vem dando força à tendência já chamada Composable Business pela Gartner Group – respeitado instituto de pesquisa e consultoria na área de tecnologia da informação – cujos estudos apontam que 63% dos CIOs de organizações com alta capacidade de composability relataram desempenho de negócios superior em comparação aos concorrentes.

Os dados mostram que esses executivos esperam um aumento médio de 7,7% e 4,2%, em receita e orçamentos de TI, enquanto as empresas de baixa composibilidade presumem um aumento de 3,4% e 3,1%, respectivamente.

“São plataformas determinantes para dar aos negócios a adaptabilidade em tempo real e a resiliência diante de um mundo de incertezas em que diversos cenários podem ocorrer. Com a situação da Covid-19, vimos diversas companhias sofrerem com a falta de insumos, de fornecedores, dentre tantos outros. Nesse sentido, pensar em um negócio composable permite a reorganização rápida dos negócios, conforme necessário”, finaliza Rodrigues.

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]