Pesquisar
Close this search box.
/
/
O poder dos algoritmos no e-commece: um caminho para aumentar as vendas

O poder dos algoritmos no e-commece: um caminho para aumentar as vendas

Entenda como os algoritmos trabalham em marketplaces e sua importância para cativar novos clientes

O crescimento do e-commerce nos últimos 20 meses foi um dos mais acelerados já vistos e, sem dúvidas, a pandemia esteve muito relacionada a esse salto. O que pouco se fala, no entanto, é o poder de seleção e de encanto que os algoritmos tiveram nessa trajetória: foram eles os que selecionaram, seja em ambientes abertos da internet ou mesmo em redes sociais, os consumidores à compra.

Nesse cenário, é compreensível que os varejistas tenham condicionado seus algoritmos para o máximo de vendas no fim do ano, especialmente para a Black Friday e o Natal, datas em que as concorrências se tornam mais competitivas. E, posto que 84% das empresas de e-commerce vendem por meio de marketplace, segundo pesquisa da GfK, é mais que imprescindível calibrar esse algoritmo para torná-lo, de fato, um impulsionador de vendas.

O uso dos algoritmos será o principal assunto debatido no Conarec 2021, evento do Grupo Padrão que ocorre nos dias 10 e 11 de novembro. Com mais de 50 painéis e palestrantes influentes do mundo corporativo, o Conarec debate a partir do tema “O consumidor hackeado: a reinvenção da liberdade de escolha”, que está mais do que pautada em como essa tecnologia afeta os clientes.

Para quem trabalha com o varejo eletrônico, já se sabe que os algoritmos são responsáveis por uma tremenda mudança nas vendas. É como dizia Steve Jobs: “as pessoas não sabem o que elas querem até você mostrar a elas”. E o algoritmo, convenientemente, tem o poder da vitrine.

Os algoritmos a favor do e-commerce

A questão é, em um período tão importante para o varejo quanto as festividades de fim de ano, como competir para tornar o algoritmo ainda mais eficiente e como garantir que ele, de fato, trará uma maior quantidade de vendas para o seu negócio? Afinal, esse jogo é apostado entre gente grande e funciona melhor no lado da balança que oferece o melhor investimento. E claro, dentro de um marketplace, configurar essa personalização pode ser mais difícil do que parece.

Para Éder Medeiros, CEO do Melhor Envio, o marketplace hoje já representa um quarto das vendas das principais categorias de bens duráveis. Atraí-los com um algoritmo eficiente, portanto, é um caminho de pólvora que explode no sucesso. “Isso comprova o impacto positivo sobre a visibilidade e a credibilidade junto aos clientes, além disso, ele também é eficiente na fidelização dos consumidores, pois oferece todas as ferramentas para que o empreendedor crie ações que agregam valor à experiência do usuário com sua marca”, destaca o executivo.

A dificuldade na configuração, comenta Medeiros, também está bastante relacionada à forma como funciona o marketplace. Assim, para divulgar uma loja ou produto, é necessário pensar um pouco fora do habitual. “Em primeiro lugar, é essencial aprender o funcionamento do local escolhido, mas precisa ser estudado cada passo a ser tomado, desde a descrição dos produtos que chamam mais a atenção do usuário, até as fotos que podem despertar mais interesse. Lembre-se que a sua vitrine compete com a de vários outros”, explica o executivo.

Para além da escolha, é preciso reconhecer que, apesar da maior parte dos e-commerces trabalharem em marketplaces, há também outros canais de venda. E o algoritmo precisa trabalhar de forma unificada. “É essencial garantir a mesma consistência na qualidade do produto, atendimento e entrega em qualquer que seja o canal. Aqui é melhor apostar em uma gestão unificada em vez de segmentar o controle de cada um”, acrescenta Medeiros.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

Entenda como competir com a concorrência

Outro ponto importante para o bom uso dos algoritmos é estar preparado para sua demanda. Uma vez que os anúncios percorrem pelas pessoas certas, a loja e os produtos passam a ser mais visíveis, o que, por consequência, aumenta o número de pedidos.

“Muito provavelmente que após a inserção em um marketplace e entender seu algoritmo, suas vendas aumentem. Então, se você não souber atender os clientes de maneira ágil e organizada, isso te dará uma avaliação negativa, as quais são públicas e farão com que você perca um grande número de alcance”, completa o CEO.

Vale destacar também que o algoritmo, ainda que forneça um anúncio mais personalizado e de acordo com as preferências do consumidor, precisa trabalhar com a concorrência. Para Medeiros, é fundamental que cada anúncio esteja adequado com a realidade do mercado. “É imprescindível que você saiba o que os outros lojistas do mesmo marketplace oferecem aos usuários, afinal, eles serão seus concorrentes diretos. Diminuir o preço de seu produto, trazer uma variedade maior de opções e oferecer brindes por compra é um bom exemplo do que pode te colocar à frente”.

Todas essas etapas garantem ao consumidor uma confiança maior nos anúncios selecionados e, de quebra, ainda o fidelizam à marca. O conselho é excelente para garantir mais vendas na Black Friday, que já está por vir.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente


+ Notícias

Algoritmos no mundo digital: até que ponto a escolha é do consumidor?

O algoritmo está mudando a maneira de consumir e produzir conteúdo?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]