Whole Foods Market, saúde e consumo local: Daria certo no Brasil?

Nos últimos anos, a preocupação dos consumidores e de investidores com a cadeia de produção das empresas cresceu consideravelmente. Para elas, já é comum ter de responder sobre a origem e o processo de manufatura.

Essa tendência vem acompanhada da demanda por um consumo de qualidade, mais saudável, mais acessível e, é claro, cercado de boas experiências. Fundado em Austin, no Texas, o Whole Foods Market é uma referência nesse sentido.

Os itens oferecidos nas lojas são naturais, saudáveis e orgânicos. A variedade de marcas e produtos nas lojas é extraordinária e surpreendente. Não por acaso, o Whole Foods Market faz brilharem os olhos de consumidores que buscam uma vida saudável.

No Brasil, esses produtos também existem, é claro. Entretanto, costumam ser mais caros do que os produtos menos saudáveis, portanto, não são tão acessíveis, não estão disponíveis em tamanha variedade de marcas e opções e, principalmente, não estão concentrados em lojas grandes e com escala.

Será que o modelo do Whole Foods Market daria certo no Brasil? Descubra no artigo do Portal Consumidor Moderno. Confira agora e atualize-se.