Sentido ampliado: Em um mundo ditado por dados, intuição faz diferença.

Desde que existem decisões, as pessoas usam fatos (hoje conhecidos como dados) para tomá-las, com a razão. Contudo, a intuição importa.

No entanto, os dados precisam das pessoas tanto quanto as pessoas precisam dos dados. Os líderes empresariais ainda são os que precisam decidir.

O desafio no mundo de hoje não é a falta de informação, mas o julgamento para usá-la. A tomada de decisão baseada em dados é inevitável (data-driven), mas traz riscos.

Tomadores de decisão bem-sucedidos equilibram dados, experiência e intuição em suas estratégias de negócios.

Confira o artigo completo no Portal Consumidor Moderno.