Pirataria: por que o brasileiro compra produtos falsificados?

69% dos consumidores já compraram réplicas ou produtos falsificados, praticamente metade dos usuários de produtos não originais esconde a compra (dados de 2015).

O comércio pirata no Brasil já movimentou quase 340 milhões de reais em produtos falsificados, segundo o Piratômetro, ação realizada pelo Fórum Nacional de Combate à Pirataria (FNCP).

Um estudo inédito realizado pelo SPC Brasil e pelo portal Meu Bolso Feliz que buscou entender como funciona o mercado de réplicas e falsificados no Brasil e os motivos que levam o consumidor a esse tipo de compra.

Em números absolutos, isso representa que 45,3 milhões de pessoas já adquiriram réplicas ou produtos falsificados. Os itens mais comercializados são roupas, acessórios e calçados, e o público que mais compra é jovem, pertence à classe C e possui menor escolaridade.

De acordo com os dados levantados, a principal justificativa para a compra é o preço mais baixo.

Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o valor bem inferior ao de um produto original é o que facilita o acesso de pessoas com ao universo do luxo.

Quer continuar a leitura? Então acesse nosso portal.