O que cativa a Geração Z na experiência do consumidor?

Focada em ganhar dinheiro, Geração Z é consumista, mas pouco fiel às marcas. Palestra revela expectativas desse público sobre a experiência

O comportamento do cliente muda conforme a geração; como as empresas vão oferecer uma melhor experiência ao consumidor também deve seguir essa mudança.

A Geração Z, por exemplo, espera uma disrupção de antigos padrões.

Os jovens que nasceram entre 1995 e 2010 chegaram ao mercado de trabalho e se tornaram também o público consumidor.

Sendo assim, é importante que as empresas estejam atentas às necessidades desse grupo de pessoas.

O painel “CX e a Geração Z: o que muda?”, do CONAREC 2023, trouxe um panorama de como os atuais jovens ditam como o mercado deve seguir.

Michel Alcoforado, antropólogo e sócio-fundador do Grupo Consumoteca, comenta que o conceito de geração é importante para pensar o consumo através de um grupo.

Além disso, é válido lembrar que o público Z é aquele que se desenvolveu junto com a tecnologia, e tem um pensamento individualizado.

Quer continuar a leitura? Então acesse nosso portal.