Nu e cru: David Vélez, Nubank e o sonho de criar um banco de portas abertas.

Colombiano radicado no Brasil, o empreendedor fundou o Nubank inspirado pelo incômodo com as portas giratórias – uma barreira a mais para o acesso dos clientes.

Segundo ele, o Nubank é obcecado pelos seus clientes e por criar e testar novos serviços que podem ganhar escala e ser aperfeiçoados com a experiência dos clientes.

O Nubank pretende ser um gateway para aumentar o acesso dos consumidores a muitos produtos financeiros, investimentos, financiamentos e crédito.

Para Vélez, a adoção da Inteligência Artificial trará mudanças profundas na forma pela qual iremos nos relacionar com a tecnologia.

Veja o artigo completo no Portal Consumidor Moderno.