Gerenciamento de dados: Como as empresas se beneficiam com os data centers?

Desde planilhas no Google Drive até serviços de armazenamento e streaming. Para poder executar essas simples tarefas cotidianas, estão sendo trabalhados diversos hardwares de empresas espalhados no mundo todo.

É o que o professor-chefe do Departamento de Ciências de Computação do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP, José Fernando Rodrigues Jr., chama de comodidade abstraída: você apenas usa, sem ter de saber como.

Amazon Web Service (AWS), Google e Microsoft são hoje as principais fornecedoras de nuvem no cenário global. Por isso, são elas que concentram o maior volume de informações que precisa ser processado.

“Em 2022, ele movimentou cerca de US$ 480 bilhões, incluindo serviços como edição/armazenamento de documentos, armazenamento de fotos e vídeos, plataformas de videoconferência, bases de dados, processamento de inteligência artificial, streaming de vídeo, desenvolvimento de software, entre outros.”

Saiba mais sobre como as empresas lidam com o gerenciamento de dados e como isso se aplica no seu cotidiano no artigo do Portal Consumidor Moderno. Confira agora e atualize-se.