Fim do “gato”? Anatel começa a colocar em prática ação de combate à pirataria de TVs por assinatura e vai bloquear aparelhos clandestinos do tipo TV Box.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pretende desligar cerca de 5 milhões de decodificadores clandestinos no País, conhecidos como TV Box ou “gatonet”.

A Anatel identificou, através de denúncias e de ações fiscalizatórias da Agência, a existência de 5 a 7 milhões de aparelhos clandestinos de TV por assinatura no País.

Estudos de engenharia reversa da Agência constataram a presença de um software malicioso (malware) capaz de permitir que criminosos assumam o controle do TV Box.

Em relação às empresas de TV a cabo, a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura estima que, por ano, o impacto da pirataria custe cerca de R$ 15 bilhões.

Acesse o Portal Consumidor Moderno para conferir a matéria completa e entender os ricos que a pirataria traz aos clientes.