Consumidores de luxo querem gastar mais

O céu é o limite para os consumidores de bens e serviços de luxo. Esse nicho está disposto a gastar ainda mais por uma experiência incrível

Na contramão da crise econômica pós-pandemia e incertezas geopolíticas, o mercado de luxo vem apontando para perspectivas otimistas e uma tendência de crescimento para os próximos anos.

Um estudo da True Luxury Global Consumer Insight 2023, realizado pelo Boston Consulting Group, aponta que 40% dos consumidores de luxo no mundo esperam aumentar seus gastos nos próximos anos.

Globalmente, a concentração de consumidores de produtos de luxo está em Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, China, Coréia, Japão, Brasil e Emirados Árabes.

Quando somados, esses países abrigam 20 milhões de consumidores que são verdadeiros entusiastas desse segmento e não têm medo de pôr a mão no bolso.

A China se destaca como um dos principais mercados que lideram esse impulso no mercado de bens e consumo de luxo.

O país asiático está 50% acima da média global em número de consumidores de alto padrão que pretendem aumentar os investimentos em produtos ou experiências luxuosas.

Pelo menos 95% dos consumidores chineses exclusivos esperam gastar mais ou quase o mesmo em produtos de luxo no próximo ano.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acesse o CONAREC agora mesmo.