Automatizar para encantar: as estratégias da Azul

Companhia aérea tem investido em tecnologias para acelerar algumas etapas da jornada, deixando a equipe livre para encantar em outras.

A automação de processos nunca foi sobre substituir o trabalho humano, mas sim permitir que as pessoas se dediquem às atividades que geram mais valor para a jornada do cliente.

Uma pesquisa da McKinsey mostra as principais razões das empresas investirem em automação: a eficiência dos processos e a melhora das experiências dos consumidores e colaboradores.

Como resultado, as empresas esperam aumentar a satisfação do cliente e o controle de qualidade.

A Azul Linhas Aéreas tem colhido esses frutos, ao investir em tecnologias para reduzir o esforço de clientes e funcionários, tornando a jornada mais fluida, ágil e, principalmente, humana.

As inovações vão desde o autoatendimento no check-in até a disponibilidade para conectar-se ao Wi-Fi, durante os voos, e a tecnologia utilizada por comissários para ter todas as informações dos clientes a bordo.

Quer continuar a leitura? Então acesse nosso portal.