Acusações sérias: Operadora de plano de saúde terá de esclarecer condutas abusivas.

A Secretaria Nacional do Consumidor determinou nesta segunda-feira que a Unimed-Rio preste esclarecimentos sobre “condutas abusivas ao consumidor”, em até 72 horas.

Em julho deste ano, a Unimed-Rio esteve entre as dez operadoras de planos de saúde notificadas pelo Ministério da Justiça por indícios de reajustes abusivos.

As investigações ainda estão em andamento e apontam para um aumento de até 133% no valor cobrado pelos planos, em relação ao que era pago pelo consumidor.

Segundo a Senacon, desde julho de 2022, a Unimed-Rio lidera o ranking da Agência Nacional de Saúde (ANS) como a operadora de plano de saúde com o pior atendimento ao consumidor.

Entenda o caso e os possíveis desdobramentos no artigo do Portal Consumidor Moderno. Confira agora e atualize-se.