/
/
/
/
/
5 tendências de comportamento em 2020

5 tendências de comportamento em 2020

Veja cinco tendências e oportunidades que podem fazer diferença para os consumidores e marcas em 2020

A TrendWatching listou cinco tendências de consumo que prometem estar presentes em 2020. Os temas podem ajudar os consumidores em seu planejamento e gerar oportunidade para criar novos produtos, serviços e campanhas, além de ajudar em um bom relacionamento. Confira quais são:

Pressão sustentável


O mundo está em busca por um consumo mais sustentável há mais de uma década. No entanto, essa busca está chegando a um momento: a evolução do eco-consumo como peça de status.
A Adidas, por exemplo, em 2008, firmou parceria com a Parley for the Oceans para produzir uma linha de tênis de edição limitada feita de plástico oceânico reciclado. Apenas 50 pares foram feitos. Já em 2019, a empresa fez 11 milhões de pares de tênis de plástico oceânicos.

“Quando as alternativas sustentáveis ??são difundidas, acessíveis e tão boas ou melhores quanto a opção herdada, o eco-consumo se torna menos sobre o status de entrada e mais sobre a vergonha de sair. É por isso que, em 2020, milhões de consumidores buscarão produtos, serviços e experiências que os ajudem a aliviar a crescente eco-vergonha.”

Chegamos na era do sofisticado e raro ao acessível e difundido. E quais são as expectativas para o próximo ano? Uma mudança moral para os consumidores. Pois quando as alternativas ecológicas são tão disponíveis e acessíveis quanto as outras, não há razão para não escolhê-las.

Inteligência Artificial


As marcas estão assumindo uma nova forma em meio ao avanço digital. Como prova disso, o ramo de influenciadores virtuais vem crescendo consideravelmente no mercado.
Este ano uma agência de notícias chinesa lançou sua segunda âncora virtual de notícias. Outro exemplo é a Lil Miquela, uma influenciadora virtual do Instagram, que estrelou ao lado da supermodelo Bela Hadid em uma campanha da Calvin Klein .

“O cenário da mídia continua fragmentado. Canais digitais se multiplicam. Uma oportunidade? Em 2020, os consumidores prestarão mais atenção às marcas que se incorporam por meio de novos personagens e avatares virtuais, permitindo que eles habitem os canais digitais de maneiras mais ricas, imersivas e humanas.”

Cada vez mais os consumidores estão se acostumando a relacionamentos significativos com entidades movidas a Inteligência artificial, e essa tendência deve crescer ainda mais em 2020.


Relevância como serviço

Em uma década sob demanda e necessidade de ter tudo como serviço o significado de conveniência começa a mudar para milhões de pessoas em todo o mundo.

“Em 2020, os consumidores preparados para serviços digitais em constante evolução e espaços físicos inteligentes – e acostumados à ultra-conveniência de ‘tudo como serviço’ – esperarão cada vez mais a relevância como serviço também. Isso significa serviços e experiências que se adaptam constantemente às novas necessidades do usuário.”

Essa tendência é baseada em uma verdade humana: as pessoas estão sempre em um estado de fluxo, buscando um verdadeiro ajuste perfeito em meios a adaptação.

Um bom relacionamento


Marcas inteligentes vão correr para ajudar as que passam dificuldades. A ação serve como uma oportunidade para inovação, aprendizagem e melhorar o relacionamento com consumidores.

“A pressão constante de pegar fogo o tempo todo – pessoal e profissionalmente – está causando muitas reservas mentais e físicas. Em meio a um foco crescente no bem-estar, os indivíduos estão enfrentando o impacto de estilos de vida sempre ativos. Em 2020, esses consumidores buscarão as marcas para ajudá-los a combater essa queimadura.”

É importante que as empresas prezem pelo bem-estar mental de seus funcionários e as melhores organizações reconhecerão essa nova realidade e reorientarão sua cultura interna em torno dela.

Conexões significativas


O futuro das redes sociais será feito de conexões significativas. As mídias cresceram em um nível que causou pontos positivos e negativos, e geralmente as plataformas se preocupam apenas em manter os seus “usuários viciados”.

Atualmente muitas redes estão sendo dominadas por maus internautas e é impossível ignorar as evidências de um cenário tóxico de bullying e assédio que tem abastecido as plataformas.

A previsão é que essa situação melhore no próximo ano e que os usuários estejam cada vez mais interessados em acompanhar conteúdos relevantes e não apenas entretenimento.

“Em 2020, os consumidores buscarão um antídoto para vastas e tóxicas comunidades online e plataformas de mídia social. Eles abraçarão espaços digitais menores e mais íntimos que facilitam conexões respeitosas e significativas, permitem que eles interajam com colegas que pensam da mesma forma e que realmente sejam eles mesmos.”


LEIA MAIS

Selfies matam mais pessoas a cada ano

50% dos brasileiros querem abrir seu próprio negócio em cinco anos

O problema de gênero nos assistentes de voz


 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]