Pesquisar
Close this search box.

Dia 3 de dezembro de 2014

Qual será o seu retrato em 2015?

O próximo ano será difícil. Para praticamente todos os setores, salvo para os inovadores disruptivos e os grandes leitores de tendências que conseguirão ter a fortuna de lançar ideias no timing correto, a próxima jornada será dura e intensa. Sorte e oportunidade normalmente não andam juntas mas eventualmente encontram-se. E talvez para a maior parte dos executivos é melhor acreditar no trabalho e na própria capacidade de execução. Pois bem, nesse contexto, logo no início de 2015 o mercado varejista estará em larga medida com as atenções voltadas para o evento da NRF Big Show em Nova York. Este ano, o evento traz como tema principal ?o grande retrato? (Big Picture). A perspectiva aqui engloba o panorama de recuperação da economia americana, o impulso inovador gerado por centenas de novos negócios disruptivos, o efeito Amazon que ?compra market share?, impulsiona transações em escala exponencial e solapa margens dos varejistas tradicionais e multicanais. Mas o tema central também incorpora a visão de milhares de participantes internacionais e suas particularidades. A Europa com seus dilemas e a economia em estado conflitivo, vergada pela crença no estado de bem-estar social que não se sustenta sob a lógica competitiva atual. O Japão com suas contradições, ainda apostando timidamente no triunfo da Abenomics, o programa de modernização econômica promovido pelo primeiro-ministro Shinzo Abe. A China, desacelerando o seu papel de fábrica do mundo e procurando criar marcas globais e disseminar o seu ?discipline power? em mercados emergentes. E o Brasil... Bem, o Brasil estará na NRF lambendo as feridas de um ciclo de quatro anos de crescimento frustrado e ansioso por saber a dimensão da correção de rumos que será forçosamente empreendida na economia. O país anda dependerá do motor varejista para respirar algum crescimento. Mas precisará dar condições aos diversos atores de mercado ? indústria, serviços, infraestrutura, energia, agronegócio, novos negócios ? de florescerem com maior estabilidade de regras, segurança jurídica e menos políticas compensatórias (que descompensam setores laterais e desorganizam a ordem econômica). O início do ano será o momento de cada varejista construir a moldura que irá conter o retrato de seu negócio nos 12 meses de 2015. Pode ser um ano ?mais do mesmo?. Pode ser um ano onde investir não faça sentido, diante da probabilidade de uma performance econômica débil. Mas esse pensamento conservador não será adotado por todos. O que a NRF irá mostrar ? e o que os participantes do Grupo BTR NOVAREJO terão melhores instrumentos analíticos para compreender e aplicar em seus negócios ? é um conjunto robusto de ideias, táticas, estratégias, tecnologias e práticas que podem ser aplicadas na totalidade ou em parte, adaptadas ou aprimoradas nos mais diversos segmentos varejistas para permitir a conquista de resultados expressivos.A NRF é sempre um ?grande retrato? de possibilidades que permitem redimensionar negócios no varejo. Difícil é sistematizar esse variado rol de conhecimentos de forma lógica, que faça sentido para quem precisa lidar com a realidade dura e muitas vezes hostil do nosso Brasil. Claro que o país é um dos maiores mercados consumidores do mundo, com grande potencial de crescimento e com empresas de excelente capacidade de execução. Mas nossas peculiaridades e nossa cultura um tanto complacente muitas vezes formam obstáculos que parecem intransponíveis. Parecem. A nossa missão, no Grupo BTR NOVAREJO é proporcionar um entendimento superior apoiado em mais análises, ângulos mais originais e provocativos da imensa quantidade de conteúdos oferecidos pelo ?grande retrato? da NRF. Por extensão, queremos que os varejistas, participantes de nossa delegação e interessados no conteúdo que iremos gerar e compartilhar nos diversos eventos Pós-NRF e em nossos meios ? revista NOVAREJO, Portal NOVAREJO, redes sociais e novos eventos ? possam construir suas próprias molduras e expor retratos de grandes conquistas ao final de 2015.Além de um trabalho mais ainda consistente em nosso Insights & Analytics Review, faremos um relatório mais apurado de visitas técnicas realizadas em operações varejistas fora da curva e teremos ainda notáveis conteúdos de dois renomados professores de Harvard: Rajiv Lal, uma das maiores autoridades mundiais em marketing e gestão de varejo e Aldo Musacchio, um especialista global em desenho de cenários para mercados emergentes. Além deles, teremos novas informações sobre o atual estágio de desenvolvimento e expansão mundial da Amazon. Sim, a gigante do e-commerce, máquina transacional, ainda vai bater de frente com o seu negócio. Nossa ideia é ajuda-lo a não ser atropelado pela força competitiva do varejista que declara que ?a sua margem é a nossa oportunidade?. O retrato rascunhado para o próximo ano pode não ser bonito. Mas informação qualificada, análise mais apurada, histórias mais bem construídas, conteúdos mais qualificados, inteligência derivada do compartilhamento de informações com especialistas globais e locais podem fazer com que você participe NRF em 2016 exibindo um retrato repleto de vitórias. *Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão.

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]