Mais de 146 bilhões de dados serão roubados nos próximos cinco anos

Os Estados Unidos serão o principal alvo dos hackers até 2023, respondendo pela metade dos ataques cibernéticos do mundo

Por: - 1 mês atrás

Mais de 33 bilhões de dados serão roubados por hackers em 2023, alta de 175% em relação aos 12 bilhões que devem ser comprometidos neste ano. Com isso, a perda acumulada nos próximos cinco anos deve alcançar 146 bilhões de informações, de acordo com pesquisa da fintech Juniper Research.

Segundo o levantamento “O futuro do cibercrime e segurança: análise de ameaças, avaliação de impacto e principais fornecedores 2018-2023”, apesar de legislações relacionadas à proteção de dados exigirem medidas de segurança cibernética mais robustas, como o GDPR, os investimentos médios devem permanecer relativamente os mesmos, o que abre brechas para os hackers.

Para se ter ideia, os gastos das pequenas empresas deverão representar apenas 13% do mercado global de segurança cibernética em 2018, apesar de essas companhias responderem por 99% dos negócios no mundo. A expectativa é que o avanço da digitalização as deixe mais vulneráveis ​​a novas formas de malware. “A inteligência artificial e a análise preditiva são agora apostas desse mercado”, observou James Moar, autor da pesquisa. “Essas tecnologias precisam estar disponíveis a todas as companhias independentemente do tamanho.”

Além disso, o estudo aponta que os Estados Unidos serão o principal alvo dos hackers até 2023, respondendo pela metade dos ataques cibernéticos do mundo. Isso deve ocorrer porque uma gama de instituições americanas reúne dados de inúmeros consumidores e empresas, o que torna mais fácil encontrar e explorar fraquezas sistêmicas.