Anatel registra 2,8 mil reclamações de cobranças indevidas relacionadas a uso de dados

Em 2017, foram realizadas 11.335 contestações de que os créditos foram consumidos mesmo quando a rede 4G estava desligada

Por: - 2 meses atrás

De janeiro a junho, foram registradas 2.790 reclamações envolvendo cobranças indevidas relacionadas ao uso de dados com 4G, de acordo com levantamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), solicitado pelo UOL. Em 2017, foram realizadas 11.335 contestações de que os créditos foram consumidos mesmo quando a rede estava desligada. Vale destacar que isso não significa que todas as denúncias procedem, é claro.

Segundo a Anatel, mais da metade dos usuários de internet móvel (50,29%) usam a tecnologia 4G, o equivalente a 118.226.718 linhas. A Vivo soma mais de 75 milhões dos clientes e tem 32% do mercado de linhas móveis. Já a Claro tem 59 milhões de clientes (25%), a TIM, 56 milhões (24 %), e a Oi, mais de 38 milhões (16%).

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

As operadoras foram procuradas pela reportagem do UOL, e a Vivo disse que isso se deve às características dos smartphones. A Oi, por sua vez, atribuiu a uma particularidade “inerente” da rede 4G. A Tim e a Claro não se manifestaram.

Caso tenha identificado que houve cobrança indevida, a Anatel recomenda procurar a operadora e exigir o dinheiro de volta. Se não der certo, o passo seguinte é entrar em contato com a própria Anatel pelo site ou pelo aplicativo Anatel Consumidor.