Startup estimula investimento na saúde mental dos colaboradores

Nova ferramenta da Vittude, plataforma que conecta psicólogos e pacientes, transforma os cuidados com a saúde mental em benefício corporativo

Por: - 3 semanas atrás

O investimento em saúde mental é encarado por muitas empresas e até governos como algo secundário. A prevenção de doenças como anorexia, depressão e transtorno obsessivo-compulsivo pode ser feita por um psicólogo. Mas, a maioria das organizações não investe no bem-estar dos colaboradores por não conhecer os benefícios que isso pode trazer. Com o lançamento de um novo benefício, a plataforma Vittude quer ajudar a mudar essa realidade.

O serviço

A nova ferramenta da Vittude, uma plataforma que conecta psicólogos a pacientes, estimula as empresas a investirem na saúde mental dos colaboradores. O serviço funciona como um benefício corporativo. As empresas pagam um valor fixo mensal por colaborador para que eles tenham acesso, por um valor reduzido, à rede de psicólogos da Vittude.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Os funcionários ainda podem optar por realizar as consultas de forma presencial ou online. A ideia é possibilitar que até os colaboradores que trabalhem fora do Brasil tenham acesso ao serviço. As pessoas que receberem o benefício podem escolher a data e horário dos encontros. A plataforma conecta os usuários com profissionais de todo o Brasil.

Exemplos

Algumas empresas já estão à frente quando o assunto é cuidar da saúde mental dos funcionários. É o caso da Unilever, que disponibiliza a plataforma wellbeing para as pessoas que trabalham na companhia. A empresa oferece o programa Crescer, que dá apoio psicológico 24 horas por dia.

Já a desenvolvedora Adobe paga mais de R$ 1.000 por ano para as pessoas que investem na saúde física e mental.

Um estudo divulgado em 2016 pela OMS (Organização Mundial da Saúde) mostrou que cada dólar investido no tratamento para depressão e ansiedade gera um retorno de US$ 4. Segundo o órgão, em países de renda média e baixa, os gastos governamentais com saúde mental são inferiores a 1 dólar per capita.