Entenda o significado da adesão da Flex à listagem do Bovespa Mais

O crescimento da Flex é uma realidade. Entenda como a presença da empresa na listagem do Bovespa Mais afeta (de forma positiva) o mercado e os clientes

Por: - 3 meses atrás

A máxima de que vale sempre a pena olhar adiante vale para todos. Porém, quando falamos sobre o futuro de empresas, essa é uma afirmação ainda mais válida: toda companhia precisa estar atenta ás oportunidades do dia de amanhã. Nesse sentido, a adesão da Flex Contact Center à listagem na Categoria “A” do Bovespa Mais da B3 representa uma grande vitória – tanto para a empresa quando para seus clientes e parceiros.

O crescimento da Flex já é de longa data: em 2014, o Stratus SCP Brasil Fundo de Investimento em Participações – MultiEstratégia ingressou na Companhia com um aumento de capital que fortaleceu o plano de expansão da Flex, complementando o seu portfólio em 2015 com a aquisição de empresas atuantes no segmento de cobrança, análise e concessão de crédito.

Além disso, em 2017, a Companhia adquiriu ainda a Primius Technology Serviços em Informática Ltda, o que possibilitou acessar clientes de segmentos ainda não explorados. Ou seja: essa sempre foi uma empresa disposta a pensar grande e a buscar alternativas para inovar.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Não por acaso, Topázio Silveira Neto, presidente e fundador da empresa, reconhece que a listagem da empresa na B3 representa a consolidação de um trabalho de longa data, sempre focado em construir uma empresa sustentável, valorizada pelos clientes, com transparência e ética. “Estando listada, a empresa expõe seus resultados, e isso é muito importante tanto para nós quanto para os nossos clientes, que podem acompanhar nosso desempenho”, afirma. Naturalmente, esse é um ciclo que pode vir a envolver a oferta de ações da empresa.

Naturalmente, Alberto Camões, presidente do Conselho de Administração, também vê essa etapa de forma muito positiva. “Esse momento mostra para todo o mercado que a Flex está em um nível diferenciado de compliance e de governança”, argumenta. Nesse sentido, ele comenta que a disponibilidade de informações é essencial, especialmente porque a Flex Contact Center possui grandes clientes – e eles se preocupam com isso.

Investimento

Com um faturamento bruto de 580 milhões de reais em 2017, a Flex investe de forma contínua em tecnologia e treinamento do quadro de profissionais, sempre em busca de eficiência operacional e inovação nos processos e produtos.

Atualmente, a empresa atende cerca de 80 clientes líderes dos setores financeiro, de seguros, telecomunicações, entre outros segmentos da economia brasileira. Após a listagem, Silveira Neto tem o plano de investir ainda mais em um planejamento estratégico que privilegia inovação e ampliação de mercado para os próximos anos.