Brasileiros que planejam aposentadoria se preocupam com a saúde

Pesquisa mostrou que a maioria aponta saúde como maior preocupação no futuro. Brasileiros têm medo de trabalhar durante a aposentadoria

Por: - 3 meses atrás

O projeto de reforma da previdência foi muito especulado no ano passado, mas perdeu força na pauta legislativa. Embora não tenha sido aprovada, a proposta fez muitos brasileiros se fazerem uma pergunta que até então não era tão comum: “como vai ser minha aposentadoria”?

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mapeou as prioridades de quem já está se preparando para o futuro. O estudo mostrou que os brasileiros estão preocupados em manter o padrão de vida e com a saúde.

Preocupações e temores

Poupar dinheiro para ter uma aposentadoria tranquila é a prioridade da vida de 85% que tem esta prática. A grande preocupação é com a saúde: 84% indicaram este motivo. As pessoas que se preocupam com o futuro financeiro indicam esta prática para os outros. Quase todos os entrevistados (96%) disseram que todos os brasileiros deveriam se preparar para a chegada da terceira idade.

Além dos cuidados, as pessoas que guardam dinheiro para se aposentar têm alguns temores. Cerca de 74% disseram ter o receio de passar por dificuldades financeiras na terceira idade. Precisar trabalhar durante a aposentadoria deixa 71% dos entrevistados com medo. Já 87% juntam dinheiro por terem medo de chegar a esta fase da vida sem o conforto desejado.

Educação

A maioria das pessoas acredita que ações governamentais e das empresas ajudariam a melhorar a percepção da população sobre previdência. Na avaliação de 78% dos entrevistados, as empresas deveriam oferecer um plano de aposentadoria complementar descontado da folha de pagamento.

As pessoas ouvidas na pesquisa também acham que o Governo deveria ser mais participativo. Segundo a pesquisa, 90% concordam que os órgãos governamentais deveriam orientar a população sobre os melhores planos para quem planeja se aposentar. Para 81%, o tema deveria fazer parte do conteúdo obrigatório no currículo escolar e de universidades.

“A expectativa de vida do brasileiro tem aumentado e o país está envelhecendo cada vez mais. A pressão sobre o sistema previdenciário já é considerável e tende a aumentar nos próximos anos, o que significa que não há garantias de que o INSS seja capaz de absorver a demanda crescente por aposentadorias”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Dificuldades

Apesar de pensarem no futuro, as pessoas que poupam para a aposentadoria têm alguns comportamentos que atrapalham o planejamento. Quatro em cada dez (43%) entrevistados disseram não ter a disciplina necessária para se organizar financeiramente. Além disso, quase a metade (46%) prefere aproveitar o dinheiro que tem hoje a guardar para quando se aposentar.

O estudo mostra que 52% só guardam dinheiro quando há sobras no orçamento. Outros 48% do universo da pesquisa admitiram deixar de poupar para realizar compras. Porém, para quem precisa de disciplina no planejamento, algumas ferramentas podem ajudar. Nove em cada dez (89%) entrevistados são favoráveis a utilização de aplicativos para gerenciar e otimizar de forma automática os recursos financeiros para a aposentadoria.