Brasileiros pretendem gastar R$ 153 no Dia das Mães

Brasileiros pretendem gastar R$ 153 no Dia das Mães

Por: Leonardo Guimarães 959 views

Mais de 111 milhões de pessoas farão compras na data. Estudo mapeou qual será o comportamento dos consumidores durante o Dia das Mães

Para os mais adiantados, as compras de Dia das Mães já começaram. Neste ano, 111,5 milhões de brasileiros devem garantir os presentes para as próprias mães, esposas ou sogras. Segundo um levantamento do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas), os consumidores devem gastar, em média, R$ 153,00 com os presentes até o próximo domingo.

Gastos

Apesar de a maioria dos brasileiros ir às compras, a disposição para gastar mais que no ano passado é pequena. O estudo revelou que 36% querem desembolsar a mesma quantia que gastaram em 2017. Apenas 19% dos consumidores estão dispostos a gastar mais que no último dia das mães, enquanto 18% pensam em diminuir o valor gasto.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Entre os que pretendem gastar mais, as principais razões são: comprar um presente melhor (58%), estar com uma renda melhor este ano (33%) e por acreditar que os presentes estão mais caros (29%). Já os que pretendem enxugar os gastos, o fato de estar com o orçamento apertado foi citado por 48%, querer economizar por 27% e estar desemprego por 26% dos entrevistados.

Um fato curioso é que poucas pessoas vão dividir o valor integral do presente. Dos entrevistados, 83% vão comprar as lembranças pagando o valor integral e apenas 8% pretendem dividir. A maior parte dos que vão dividir (44%) pretende fazer isso com os irmãos, 24% com o cônjuge ou companheiro e 22% com outros familiares.

Locais de compra

Os shopping centers são os favoritos dos consumidores, eles têm preferência de 36% dos entrevistados. O e-commerce ocupa o segundo lugar, 29% vão fazer as compras nas lojas virtuais. Em seguida aparecem os shoppings populares (19%), as lojas de bairros (17%) e as lojas de departamento (17%).

As roupas (42%) serão o item mais procurado nestes lugares. Os outros itens com maior procura são perfumes (36%), calçados (23%) e cosméticos (21%). Para comprar estes itens, a maioria dos entrevistados (80%) vai fazer uma pesquisa. Já o velho hábito de comprar em cima da hora vai ser exercido por apenas 12% dos entrevistados.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.