Você nunca mais ficará confuso com a assinatura indesejada de serviços

Você nunca mais ficará confuso com a assinatura indesejada de serviços

Por: Editor CM 794 views

Nova tecnologia ajuda identificar cobranças de serviços, entender como créditos de celular foram utilizados e a economizar dinheiro. Confira

Você certamente já caiu em algumas daquelas “estratégias” em que, por meio de um SMS, são contratados serviços aleatórios – de horóscopo a orações de todos os tipos. Quando menos se espera, o consumidor percebe que está pagando por um serviço que não lembra ter contratado.

A boa notícia é que já existe uma tecnologia voltada para essa questão. Desenvolvido pela Gogolook, o aplicativo Whoscall – Quem Chama nasceu com o objetivo de identificar a origem de chamadas (não apenas o número, mas a operadora, por exemplo). Porém, adotou também a função de informar o cliente sobre assinaturas indesejadas.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Na prática, o serviço ajuda a identificar cobranças em suas linhas, entender como seus créditos foram utilizados e economizar dinheiro. A nova ferramenta, batizada de Recarga Protegida, é gratuita e escaneia e lista todos os serviços e preços de assinatura com cobrança recorrente – como boletins de notícias por SMS, jogos, horóscopos, serviços de música, entre outros. Dessa forma, o consumidor pode compreender melhor a composição de seus gastos com a operadora e cancelar serviços indesejados.

A Recarga Protegida favorece, principalmente, usuários de linhas pré-pagas, que correspondem a 62% do total de linhas móveis no Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). “Muitas vezes as pessoas não sabem porque seus créditos acabam tão rápido. Ao escanear suas mensagens, percebem que têm um ou mais desses serviços contratados”, esclarece Marcos Gomes, Country Manager da Gogolook no Brasil.

Segundo a Anatel, os SAVs não são serviços de telecomunicações, e contemplam envio de horóscopo por SMS, dicas de beleza, jogos, música, vídeo, back-up e outros conteúdos. Ainda segundo a agência, a cobrança só pode ser realizada se o cliente autorizar, prévia e expressamente, que os serviços sejam prestados.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.