Como será o futuro do trabalho? Que tal começar pelas reuniões?

Líder mundial em tecnologia da informação, a Cisco reuniu milhares de executivos em Phoenix, no Arizona, para apresentar suas novas plataformas de trabalho colaborativo

Por: - 6 meses atrás

Mais da metade das web e vídeo conferências pelo mundo usam tecnologia da norte-americana Cisco. Isso significa que ela está por trás de cerca de seis bilhões de minutos gastos em reuniões todos os meses. Mas a empresa percebeu que a forma como as pessoas se comunicam mudou. E decidiu reunir milhares de executivos na árida cidade de Phoenix, no Arizona, para anunciar a união de duas plataformas bastante conhecidas no meio corporativo: a Cisco Spark e a Webex. Juntas, elas darão origem a dois aplicativos: o Webex Meetings, para reuniões, e o Webex Teams, para trabalhos em equipe.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

O primeiro passa a encorajar, por meio de uma interface intuitiva e imagens mais nítidas, as pessoas a usarem a câmera com mais frequência. “Ser visto é fundamental para um bom trabalho em equipe”, disse Rowan Trollope, vice-presidente senior e gerente-geral da área de IoT e Collaboration Technology Group da Cisco. Já a nova versão do Cisco Spark traz novas ferramentas, como realidade aumentada para colocar um objeto na cena em que um dos usuários está, lousa interativa para desenhar ou escrever, além de integração e compartilhamento de conteúdo para apoiar as equipes antes, durante e depois das reuniões.

Webex Share

A Cisco apresentou ainda um dispositivo que transforma qualquer espaço de trabalho em uma sala de Webex. É só plugar o adaptador, que cabe na palma da mão, atrás de uma TV para parear o sistema e começar a exibir documentos na tela. A novidade começará a ser vendida até o final do ano. O preço não foi anunciado.

Que tal uma assistente virtual no trabalho?

Outra novidade da empresa norte-americana é a materialização de um plano anunciado em novembro do ano passado: o uso de inteligência artificial para tornar o trabalho mais inteligente. Fruto da aquisição da MindMeld pela Cisco, o Webex Assistant (ex-Cisco Spark Assistant) ganhará novas funcionalidades. Embora a empresa não tenha detalhado quais serão elas, a antiga plataforma já permitia que, por meio de comando de voz, as pessoas fizessem ligações, reservassem salas, agendassem reuniões e entrassem em uma vídeo conferência, por exemplo.

O uso da inteligência artificial também permitirá a supressão de ruídos que possam atrapalhar a ligação ou a vídeo conferência, como latidos de cachorro, o barulho do teclado ou uma conversa paralela. Neste caso, o sistema desligará o volume automaticamente, sem que o usuário tenha que fazer nada. “Tudo o que fazemos é projetado pensando nas pessoas – para ajudá-las a trabalhar, colaborar e criar juntas. É por isso que investimos muito no Webex ”, garante Trollope. “Nossa visão é levar essa incrível experiência para um bilhão de usuários e salas de conferências em todo o mundo”.

*enviada especial a convite da Cisco