Pesquisa mostra a diferença de preço na hora de pintar a casa

Uma pesquisa feita pelo Procon SP comparou os preços de produtos usados na pintura de paredes. Um deles chegou a impressionante diferença de mais de 300%

Por: - 7 meses atrás

Uma pesquisa de preço sobre materiais para pintura na construção civil, produzida pelo Procon São Paulo, mostra que tem gente pintando o sete quando o assunto é valor repassado ao consumidor. Um dos produtos pesquisados exibiu uma diferença de 306,45%.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

O levantamento aconteceu entre os dias 5 a 7 de fevereiro deste ano em nove estabelecimentos comerciais das principais redes do varejo. Ao todo, foram avaliados 219 itens de diferentes fabricantes de tintas (acrílica, esmalte, látex PVA e spray), verniz, folha de lixa, massa, resina, rolo para pinturas, suporte para rolo, solvente/removedor e trincha (pincel).

A maior diferença foi o preços do suporte universal para rolo de tinta, da marca Tigre, em aço galvanizado, 23 cm (referência 1305): em um local custava R$18,90 e, em outro, R$ 4,65. O preço médio do item foi de R$11,12.

Veja aqui a pesquisa completa.

Comparação entre 2017 e 2018 

Após comparação de 117 produtos comuns entre as pesquisas realizadas este ano e em 2017. Em linhas gerais, ficou constatado, em média, um aumento de 4,17% nos preços dos produtos. Dentre os itens comparados, os que mais subiram nesse período foram: resina, tinta esmalte, verniz e tinta acrílica. O IPC-SP (Índice de Preços ao Consumidor de São Paulo) da FIPE, referente ao período, registrou uma variação de 2,41%.