Quais são as preferências do consumidor brasileiro? A SAP responde

Quais são as preferências do consumidor brasileiro? A SAP responde

Por: Editor CM 12.935 views

Em pesquisa realizada, a SAP apontou que o consumidor brasileiro clama por atendimento personalizado, rápido e consistente, tanto na loja física quanto no online

A discussão sobre o compartilhamento de dados com as empresas é polêmica. Um fato, no entanto, é que gostamos de ter experiências personalizadas – e isso não seria possível sem fornecimento dessas informações. E os brasileiros estão dispostos a isso, segundo estudo da SAP Hybris.

A conclusão foi feita após a entrevista de mil pessoas. De acordo com o levantamento, 91% dos brasileiros estão dispostos a compartilhar informações pessoais com as empresas nacionais, como e-mail, histórico de compra, rendimento mensal até localização em tempo real. Com companhias de outros países, contudo, há uma confiança um pouco menor: 89%.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

O poder de convencimento, porém, precisa ser maior para dados como RG, CPF e outros dados financeiros. Isso porque 20% dos entrevistados não se sentem confiantes para compartilhar esse tipo informação, assim como 9% das pessoas não confiam o suficiente nas empresas para fornecer qualquer dado.

“Com o desenvolvimento de novas formas de compra e venda, os clientes tornaram-se mais exigentes e passaram a ter acesso a produtos e preços de forma mais simples, diz, em nota, Jorge Toledo, COO da SAP Hybris na América Latina. “E a confiança exerce um papel fundamental nisso.”

Proteção é necessária

Mesmo com essa abertura dada por boa parte da população, aquela empresa que não cuidar bem dos dados dos clientes pode sofrer impactos bem negativos. Cerca de 82% dos respondentes afirmaram que ficariam furiosos se as suas informações fossem compartilhadas sem seu conhecimento e 56% exigem que as marcas sejam transparentes quanto a isso.

Outro fator é que parte do consumidor brasileiro gosta de ser mimado. Por volta de 57% dos entrevistados se sentem valorizados com benefícios como brindes, descontos e amostras grátis. Outros 32% também gostam de empresas que continuam se relacionando com eles, mesmo após a compra.

E para que a imagem continue boa no pós-venda, o atendimento precisa ser impecável: 94% das pessoas exigem que as empresas respondam uma dúvida ou pedido em menos de 24 horas. Seis em cada dez são mais exigentes, pois querem ter uma resposta em menos de três horas.

Se a empresa não tiver esse desempenho, 65% falam que podem trocar por uma concorrente. E se um erro for constatado, o percentual aumenta para 69%. Outro cuidado: 58% se irritam com excesso de ligações e 42% com spams em seus caixas de entrada.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.