4 Campanhas que marcaram tanto quanto seus produtos

4 Campanhas que marcaram tanto quanto seus produtos

Por: Melissa Lulio 684 views

Algumas propagandas trazem sacadas tão boas que podem ganhar até mais relevância que o próprio produto. Relembre algumas campanhas marcantes

Algumas marcas se tornaram referência tanto pelos produtos que oferecem quanto pelas campanhas que apostaram. São propagandas que saíram do ar, mas, ainda hoje, são lembradas por grande parte do público.

Alguns casos, um tanto simples, ficam marcados na mente das pessoas e na história da publicidade. Confira a lista de campanhas que se tornaram tão grandes quanto os produtos que anunciavam:

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Big Mac
Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles e um pão com gergelim. É claro: é Big Mac. Quem não sabe disso? O primeiro comercial com o jingle do Big Mac, em inglês, foi ao ar em 1976, mas, só ganhou uma melodia alguns anos depois. Na década de 1980 já era comum ouvir a música por aí – e nunca mais esquecemos quais são os ingredientes do principal lance do McDonald’s.

 

 

 

Bombril
Talvez você não reconheça Carlos Moreno pelo nome. Ele trabalhou em Castelo Rá-Tim-Bum e em Viva o Gordo, mas sempre é associado às campanhas de Bombril. Durante 26 anos (entre 1978 e 2004), o ator esteve em propagandas da marca e gravou 337 comerciais – o que resulta em 12 vídeos por ano, em média, ou um por mês. Nesse período, Moreno interpretou os mais variados (e inesquecíveis) personagens. A partir de 2007, Bombril estabeleceu um contrato por prazo indeterminado com o ator, o que garantiu mais 7 comerciais contando com a presença dele.

Mate a saudade do Garoto Bombril:

 

 

 

Budweiser
Está é recente! Muitos devem lembrar que a Budweiser arrancou lágrimas de muitos espectadores do Super Bowl nos últimos anos, retratando a história de um cachorro, um cavalo e o humano que é dono dos dois.

Existe uma grande expectativa em torno das propagandas exibidas durante a final do National Football League (NFL) – afinal, esse é o espaço mais caro da publicidade da televisão do mundo todo – e surgem muitas campanhas boas nesse evento. A da Budweiser é uma delas e, é claro, é bastante lembrada.

 

Coca-Cola
Luzes, alegria, ursos polares, garrafas vermelhas como a roupa do Papai Noel. É fácil associar a Coca-Cola ao Natal, não é? Isso não acontece por acaso. Era 1931 quando a marca convidou o bom velhinho para fazer parte da sua propaganda e padronizou as cores e vestimentas usadas por ele. Antes disso, as roupas de Papai Noel não tinham cores definidas. Depois disso, a Coca-Cola nunca mais se desvinculou do Natal.

 

 

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.