Uma nova mudança de roteiro revela uma surpresa incrível

Duas paisagens tão diferentes marcaram profundamente mais uma etapa dessa viagem, um roteiro realmente inesquecível para quem Vai de Fusca

Por: - 2 anos atrás

Depois de toda as emoções vividas em Rondonópolis, por indicação do já amigo Hernani, mudamos a rota novamente e fomos conhecer Bom Jardim. Trata-se de uma pequena vila que fica a 67 km de Nobres (a cidade mais próxima), que acabou deixando nosso roteiro mais feliz.

Bom Jardim é um refúgio. Lá, seu celular não vai funcionar, as ruas são de terra, o comércio fecha cedo e depois das 23h dificilmente você encontrará algum movimento na rua.

Nesse clima, ficamos alguns dias na pousada Rota das Águas, que ofereceu ótimo custo X benefício, além de ser super aconchegante. Aproveitamos para conhecer a lagoa que os moradores (sabiamente) chamam de aquário encantando.

O local é incrível, fica a 17 km da pousada sentido montanha encontramos esse paraíso da foto. O lago é o resultado de três cavernas “aquáticas” que têm suas nascentes nesse ponto.

Fotos: Natanael Sena

Foto: Natanael Sena

O mergulho é permitido, desde que acompanhado por um guia da reserva e que não sejam feitos movimentos bruscos que possam assustar os peixes.

O difícil é processar a ideia que poucos dias após sairmos desse paraíso que é a vila Bom Jardim, teríamos que enfrentar em nosso roteiro essa visão da janela do hotel, que estávamos hospedados em Ariquemes, Rondônia:

Foto: Natanael Sena

Foto: Natanael Sena

Conhecida como “boca de fumo”, sem nenhum tipo de pudor nesse terreno é feito o comércio de drogas. Ao lado desse ponto, havia uma espécie de depósito de lixo onde pessoas fumavam crack, sem nenhuma condição de socialização, devido à perturbação mental que a droga lhes causava.

Uma única semana. Duas recordações bem distintas para se guardar na mente.

obs: nenhuma das duas fotos tem com qualquer tipo de filtro